Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

SUPERLOTAÇÃO

Em Parnamirim (RN), homem joga carro contra UPA após ter atendimento negado

Publicado em: 22/03/2021 13:03 | Atualizado em: 22/03/2021 14:35

 (Foto: Reprodução/Google Maps)
Foto: Reprodução/Google Maps
Na madrugada desta segunda-feira (22), após ter atendimento negado para a esposa na Unidade de Pronto-Atendimento de Nova Esperança, em Parnamirim (RN), homem se descontrola e joga o próprio carro contra a UPA. O desfecho do episódio foi a prisão do motorista.

Henrique Costa, diretor da unidade, explica que a orientação é a de que casos mais leves sejam levados para outras unidades, uma vez que a UPA de Nova Esperança já está funcionando acima da capacidade.

A Guarda Municipal afirma que o casal chegou de madrugada na unidade em busca de atendimento, com a mulher alegando um mal-estar. Ali, os dois foram informados que, por causa da lotação, somente casos mais graves deveriam ser atendidos. A resposta do homem, inconformado, foi atingir a entrada principal da UPA com o carro, quebrando uma porta de vidro.

O homem foi preso pela Guarda Municipal e levado para a Central de Flagrantes, em Natal. Foi estabelecida uma fiança de R$ 400 pela Polícia Civil, mas o homem se negou a pagar e continua preso.

No fim da confusão, a mulher acabou sendo atendida pela UPA.

Este ano, a unidade de Parnamirim já fechou as portas várias vezes, por causa da alta no número de casos de Covid-19. Segundo a direção da UPA, a unidade está atendendo em média 250 pacientes por dia e mais de 70% são sintomáticos para Covid.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 14/04
Vacinas da Johnson & Johnson sob investigação por risco de trombose
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 13/04
De 1 a 5: dicas de decoração para repaginar a casa de forma simples e sem gastar muito
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco