Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PANDEMIA

Vacinas: veja a quantidade de doses que cada unidade da Federação deve receber

Publicado em: 24/02/2021 18:24

 (Foto: Carl de Souza/AFP)
Foto: Carl de Souza/AFP
O Ministério da Saúde divulgou, nesta quarta-feira (24), a quantidade de doses de vacinas contra a Covid-19 que cada unidade da Federação deve receber nos próximos dias. De acordo com o informe técnico da pasta, São Paulo é a região que mais deve receber doses, somando 759,1 mil, sendo 480,5 mil unidades da Covishield, a vacina de Oxford/AstraZeneca, e 278,6 mil da CoronaVac, do laboratório Sinovac.

A distribuição é resultado das cerca de 1,2 milhão de doses da CoronaVac e das 2 milhões de unidades da Covishield recebidas pelo ministério. Com a nova remessa, a pasta calcula incorporar 100% da população idosa entre 85 e 89 anos do país, além de mais 8% dos profissionais de saúde e 24% do público prioritário com idade entre 80 e 84 anos.

Entre os estados do Nordeste, a Bahia receberá a maior quantidade de imunizantes, somando 208,7 mil, sendo 79,2 mil da CoronaVac e 129,5 mil da AstraZeneca. Já no Norte do país, a maioria das doses será destinada ao Amazonas, são 120 mil.

Fundo estratégico 

Estado contemplado com o fundo estratégico para a região Norte, o Acre recebeu as 21,9 mil doses de vacinas contra a Covid-19 pelas mãos do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da saúde, Eduardo Pazuello. A remessa veio no mesmo voo do mandatário, que acompanha, junto ao senador acriano Marcio Bittar (MDB), o avanço de casos de dengue com as enchentes que afetam o estado.

São 8,4 mil unidades da CoronaVac e 13,5 mil da Covishield. O montante representa 10% das reservas para o fundo estratégico, que destina um número maior de vacinas à região norte em razão da situação epidemiológica mais grave. Neste lote, que totalizou 3,2 milhões de doses para todo o país, quase 124 mil foram direcionadas ao fundo, ou seja, 5% do montante. Além do Acre, o Amazonas recebeu 70% das doses exclusivas para o norte e o Pará, 20%.

Em razão da atenção às unidades do Norte, o Amazonas tem, agora, doses suficientes para imunizar toda a população a partir de 65 anos. Outros 26% dos idosos entre 60 e 64 anos também serão contemplados. O novo lote conseguirá atender, ainda, 13% da população de 70 a 74 ano, no Acre, e metade dos idosos de 80 a 84 anos no Pará.

Confira a relação de distribuição de vacinas entre as UFs:

CoronaVac 

Rondônia  1.400
Acre 8.400
Amazonas  42.000
Roraima  1.000
Pará  37.200
Amapá  800
Tocantins  2.400
Maranhão 29.600
Piauí  15.400
Ceará  49.200
Rio Grande do Norte  19.400
Paraíba  23.800
Pernambuco  48.000
Alagoas 13.400
Sergipe  9.000
Bahia  79.200
Minas Gerais  137.400
Espírito Santo 23.000
Rio de Janeiro  118.800
São Paulo 278.600
Paraná 64.800
Santa Catarina  48.200
Rio Grande do Sul 84.200
Mato Grosso do Sul  13.200
Mato Grosso  11.800
Goiás 28.800
Distrito Federal 11.000

AstraZeneca 

Rondônia  4.000
Acre  13.500
Amazonas  78.000
Roraima 1.500
Pará 61.000
Amapá 2.000
Tocantins  3.500
Maranhão 49.500
Piauí  25.500
Ceará  80.500
Rio Grande do Norte  35.500
Paraíba  39.500
Pernambuco 82.000
Alagoas  24.000
Sergipe  16.500
Bahia  129.500
Minas Gerais 220.000
Espírito Santo  38.000
Rio de Janeiro  196.000
São Paulo 480.500
Paraná  102.500
Santa Catarina  59.500
Rio Grande do Sul  135.000
Mato Grosso do Sul  22.500
Mato Grosso  21.000
Goiás  53.500
Distrito Federal  25.500
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Em Cúpula do Clima, Bolsonaro promete neutralidade de carbono até 2050
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco