Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

ENEM

Prouni, Sisu e Fies do 1º semestre: como ficam os inscritos no Enem 2020?

Publicado em: 22/01/2021 21:17

 (Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)
Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
Quem está inscrito no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 não conseguirá se inscrever nas primeiras edições do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) deste ano por causa do adiamento da prova e do fato de o calendário dos programas ter sido mantido mesmo assim.

Os candidatos do Enem 2020 que desejam participar de programas que viabilizam bolsas e financiamento no ensino superior particular por meio da nota do exame deverá aguardar as edições extras das seleções a serem realizadas no segundo semestre de 2021. É o que afirma o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O órgão manterá o calendário de inscrições para o Fies e para o ProUni e, devido ao adiamento do Enem 2020 para janeiro deste ano, os candidatos não terão o resultado do desempenho na prova a tempo de se inscrever nas seleções no primeiro semestre.

A decisão do órgão exclui a possibilidade da participação de candidatos desta edição do exame nos programas e o posterior ingresso nas universidades particulares no primeiro semestre de 2021, caso aprovados. Assim, eles acabam perdendo uma edição de cada uma das seleções para o ensino superior particular.

O Inep afirma, porém, que os candidatos não serão prejudicados porque as edições extras atenderão exclusivamente inscritos no Enem 2020. De acordo com a entidade, o Fies irá, inclusive, ofertar um número maior de vagas na segunda edição.

Já o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) apenas começará a receber inscrições após a divulgação dos resultados do Enem, prevista para 29 de março. Assim, os candidatos do Enem 2020 concorrerão normalmente.

Confira abaixo o posicionamento do Inep para cada programa:

Prouni

  • Edições previstas: duas (1º e 2º semestres de 2021) 
  • Inscrições para a primeira edição: 12 a 15 de janeiro (encerradas), com critério de seleção a participação no Enem 2019 
  • Inscrições para a segunda edição: será definida em edital a ser publicado no Diário Oficial da União.

O Inep afirma que não adiou o programa para não privar o acesso às instituições particulares, visto que o calendário acadêmico delas “deve começar já em fevereiro”. Na segunda edição do programa, será exigido, além do perfil socioeconômico para concorrer às bolsas, o uso da nota do Enem 2020.

Fies

  • Edições previstas: duas (1º e 2º semestres de 2021)
  • Inscrições para a primeira edição: 26 a 29 de janeiro, com critério de seleção a participação nas edições 2010 a 2019 do Enem 
  • Inscrições para a segunda edição: será definida em edital a ser publicado no Diário Oficial da União.

O órgão afirma que irá ofertar 93 mil vagas para o programa em 2021 e que, “diferentemente de anos anteriores, a quantidade de vagas ofertadas na segunda edição do Fies será maior do que a ofertada na primeira edição”.

Sisu

  • Edições previstas: duas (1º e 2º semestres de 2021) 
  • Inscrições para a primeira edição: prevista para ocorrer logo após a divulgação dos resultados do Enem 2020
  • Inscrições para a segunda edição: será definida em edital a ser publicado no Diário Oficial da União.

Diferentemente dos outros dois programas, o Sisu somente será aberto após o resultado da edição 2020 do Enem. Para participar, o candidato não pode ter obtido nota zero na prova de redação do exame, nem participado do certame na condição de treineiro, que é aquele que faz o exame antes de concluir o ensino médio.
TAGS: mec | enem | fies | sisu | prouni |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à obesidade ganha ainda mais importância no contexto da pandemia
Resumo da semana: explosão de casos de Covid-19 e desdém do presidente
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 05/03
Na pior fase da pandemia, cidades fazem panelaço contra Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco