Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

JUSTIÇA

Prefeito de Maceió e Carlinhos Maia serão intimados pelo Ministério Público

Publicado em: 22/01/2021 18:25

 (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Reprodução/Instagram

O Ministério Público de Alagoas (MP-AL) informou, nesta sexta-feira (22/1), que, na próxima semana, Carlinhos Maia e o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), serão intimados para explicar o suposto convite que o influenciador teria recebido para tomar a vacina contra a Covid-19. Carlinhos não faz parte do grupo prioritário da campanha nacional de imunização.

A intenção do órgão é investigar a veracidade do convite e se a vacinação na região está ocorrendo da forma como deveria.

Como aconteceu
Em 18 de janeiro, o comediante revelou no Twitter que ele teria sido convidado para voltar ao estado de origem, Alagoas, para receber a CoronaVac. Contudo, teria rejeitado o imunizante por “não achar justo com quem ficou em casa todo esse tempo”. 

No mesmo dia, a prefeitura se manifestou, por meio de nota, que as 71 mil doses da vacina recebidas iriam ser destinadas "exclusivamente ao grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde", que são: profissionais de saúde da linha de frente, indígenas e idosos residentes em abrigos. "Não procedem informações de convites feitos a qualquer cidadão fora deste grupo", destacou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid longa preocupa OMS e desperta desafios
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/02
Bolsonaro diz não ter briga com a Petrobras
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 24/02
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco