Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

SÃO PAULO

Morre paciente com poliomielite que morou 51 anos em hospital

Publicado em: 20/11/2020 10:17

 (Foto:  Reprodução/TV Globo)
Foto: Reprodução/TV Globo

Morreu, nesta quarta-feira (18/11), o paciente Paulo Henrique Machado, que desde 1969 morava no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. Ele tinha 53 anos e a causa da morte não foi divulgada.

Paulo Henrique foi internado no hospital com pouco mais de um ano de idade, quando contraiu poliomielite. A doença, conhecida como paralisia infantil, é causada por um vírus que provoca paralisia no corpo. O Brasil sofreu um epidemia de polio entre as décadas de 1950 e 1970. Mais de 5 mil crianças foram internadas no HC com a doença. Atualmente, a patologia é considerada erradicada do país graças à vacina.

Devido a complicações da doença, Paulo Henrique vivia ligada a um respirador artificial. Quando ele chegou ao hospital, a expectativa era de que não conseguiria viver por muito tempo. Em nota, o Hospital das Clínicas disse que "durante todo este período, teve a atenção humanizada e especializada dos profissionais do hospital".

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução

O paciente se tornou um figura conhecida da unidade de saúde. Ele chegou a receber a visita de Carlos Saldanha, um dos diretores do filme A Era do Gelo. A mãe de Paulo morreu durante o parto.

Além de Paulo Henrique, uma outra paciente vítima da pólio passou mais de 40 anos no hospital. Eliana Zagui deixou o hospital no ano passado, após 43 anos na unidade. Ela dividia quarto com Paulo Henrique e, nas redes sociais, lamentou a perda do amigo.

"Meu verdadeiro irmão, família, companheiro, confidente, meu fiel amigo durante até os dias de hoje. Léco, obrigada por tudo, tudo que vivemos e aprendemos um com outro, por nossas conquistas, cumplicidades, brigas, seu ciúme de extremo valor ao meu entendimento e respeito. Abrace com todo amor e força o nosso paizão Jesus Cristo e bom reencontro com nossos irmãos: Pedro, Tânia, Luciana, Anderson e Claudia. Você foi e sempre é muito amado, independente da distância", escreveu.

A marca Corsair também lamentou a morte do paciente, que era grande fã de jogos. "É com grande pesar que nós da Corsair comunicamos o falecimento de nosso amigo, companheiro de BGS e corsário, Paulo Henrique Machado. Desejamos muita força nessa hora para todos os amigos e familiares que também sofrem com essa despedida. Nossos sentimentos."

A Associação de apoio aos pacientes de Poliomielite e Síndrome Pós-pólio também publicou nota de pesar.

Confira a íntegra da nota do Hospital das Clínicas

"O Hospital das Clínicas da FMUSP informa com pesar o falecimento do paciente Paulo Henrique Machado na tarde desta quarta-feira (18). Paulo contraiu poliomielite quando criança e há 51 anos era morador do Instituto de Ortopedia e Traumatologia devido às sequelas da doença e aos cuidados especiais que a sua condição clínica inspirava. Durante todo este período, teve a atenção humanizada e especializada dos profissionais do Hospital. O HCFMUSP lamenta e se solidariza com os familiares e amigos."

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Segundo turno em PE: João Campos é eleito prefeito do Recife
Polícia Federal caça responsáveis por tentativa de ataque ao sistema do TSE
Apesar de empate em pesquisas, João Campos confia em vitória
Marília Arraes tem agenda intensa no dia que decide a eleição no Recife
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco