Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

SAÚDE

Brasil importará o medicamento mais eficaz do mundo no tratamento da Covid-19

Publicado em: 24/09/2020 13:17

 (Foto: CESAR MANSO / AFP)
Foto: CESAR MANSO / AFP
 O Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), que financiou a criação da primeira vacina contra o novo coronavírus, e o grupo farmacêutico KhimRar, sediado em Moscou, decidiram comercializar o medicamento antiviral avifavir a 17 países, inclusive o Brasil.
 
O avifavir também é a primeira droga baseada em favipiravir do mundo que foi aprovada no tratamento da Covid-19 e depois de ser registrada na Rússia em maio já foi aplicada em mais de 70 regiões russas.

A eficácia do favipiravir no combate a Covid-19 recebeu ainda o aval da empresa japonesa Fujifilm Holdings Corp, que confirmou seus efeitos benéficos após os ensaios clínicos realizados com o avifavir na Rússia. Além disso, o RFPI destacou que, em comparação com outros fabricantes russos de favipiravir, o avifavir mostrou ser mais eficaz no tratamento de mais de 400 pacientes, que contraíram o vírus desde abril. "Quando registramos o primeiro medicamento contra o novo coronavírus no mundo baseado em favipiravir, havia muito ceticismo, pois as pessoas estavam se perguntando como poderíamos registrá-lo quando o Japão ainda não o havia registrado. Agora, cinco meses após nossos ensaios clínicos, vemos que o Japão confirmou a eficácia clínica do favipiravir”, garantiu Kirill Dmitriev, diretor-geral do RFPI. 

O medicamento já foi aprovado pelos órgãos reguladores da Europa, Oriente Médio e Ásia, se tornando, portanto, a principal droga para a exportação desenvolvida na Rússia no tratamento da Covid-19. Além do mais, de acordo com o RFPI, é uma alternativa bem mais acessível e em conta do que o Remdesivir, medicamento também baseado em favipiravir, com alto custo, que é produzido nos Estados Unidos. "Com base em nossos extensos ensaios clínicos e nas pesquisas no Japão confirmando a eficácia do favipiravir contra o coronavírus, acreditamos que Avifavir e outros produtos baseados em favipiravir serão os principais medicamentos antivirais contra a Covid-19 no mundo, Além de eficácia e segurança comprovadas, Avifavir também é três a quatro vezes mais barato que o Remdesivir", apontou Dmitriev.

Segundo os resultados dos ensaios clínicos pós-registro, os pacientes que tomaram avifavir se recuperaram mais rapidamente dos sintomas da Covid-19, sendo ainda que em 30% dos casos o vírus foi eliminado em seu estágio inicial, ao mesmo tempo que o nível de saturação de oxigênio no sangue também foi restabelecido com o dobro de rapidez do que durante a aplicação da terapia tradicional, ressaltando que não houve relatos de reações adversas com o uso do medicamento.

Em paralelo, a terceira fase dos testes clínicos do medicamento japonês Avigan, baseado em favipiravir, também demonstrou um tempo de recuperação mais curto entre os pacientes com pneumonia branda, de acordo com os resultados publicados na quarta-feira (23).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Candidatos têm características das mais distintas, mas estão longe de representar os grupos sociais
Resumo da semana: 5 anos do surto de microcefalia, Covid suspende aulas e nova pesquisa no Recife
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #289 - Colênquima e esclerênquima
Rhaldney Santos entrevista Dra. Larissa Ventura, oftalmopediatra
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco