Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PANDEMIA

Apenas dois estados e o Distrito Federal retomaram as aulas presenciais

Publicado em: 21/09/2020 23:18 | Atualizado em: 21/09/2020 23:37

Amazonas foi o primeiro a retomar aulas no país. Foto: Tácio Melo/Secom-AM

Os números de casos e mortes por Covid-19 dão sinais de queda após sete meses de pandemia no Brasil, mas somente três entre os 26 estados e o Distrito Federal retomaram as aulas presenciais em maior escala. São o caso do Amazonas, do Rio Grande do Sul e de Brasília. O Amazonas, o primeiro estado a sofrer colapso na rede pública de saúde pelo número de doentes e mortos, foi também o primeiro do país a retomar às atividades escolares presenciais.

As aulas no Amazonas recomeçaram em agosto, inicialmente no ensino médio e depois no ensino fundamental. Nos dois casos, com um espaço de duas semanas entre o retorno entre eles. A primeira retomada ocorreu no dia 10 e a segunda, 24.

O Distrito Federal demorou mais um pouco. Autorizou a retomada somente para o ensino infantil e os anos iniciais do ensino fundamental a partir desta segunda (21), bem mais tarde do que o Rio Grande do Sul, que permitiu o ensino infantil no dia 8 de setembro. E a partir desta segunda estendeu para os ensinos superior, médio e técnico, com ocupação de 50% das salas de aula.

Pernambuco reinicia as aulas pelas duas escolas do arquipélago de Fernando de Noronha. As turmas do ensino médio reabrem nesta terça-feira (22), com 25 estudantes por sala, no máximo. Em todo o estado, as atividades presenciais do 3º ano podem começar no dia 6 de outubro. Na ilha, as aulas dos anos finais do ensino fundamental estão previstas para o próximo dia 28 e as dos anos iniciais no dia 5 de outubro. As turmas do infantil devem começar em outubro.

No Rio de Janeiro, o retorno da aulas foi determinado. Seria no dia 14 de setembro para as unidades particulares, o que não ocorreu devido a uma disputa judicial e à greve decretada pelos professores, contrários à retomada neste momento. O reinício para as atividades nas escolas públicas está prevista para 5 de outubro.

Mesmo com as aulas em andamento, a preocupação no Amazonas, em situação parecida com a do Rio do Janeiro, é com o monitoramento das aulas e da disputa judicial entre o governo estadual e os sindicatos do professores. As entidades de classe se queixam das condições oferecidas para se trabalhar com a nova realidade, enquanto a Secretaria de Educação que vem dando as condições necessárias.

O Piauí, por sua vez, liberou o retorno das aulas presenciais para o 3° ano do ensino médio e cursinhos pré-vestibular da rede pública e privada a partir desta terça-feira (22). Já Rondônia consta entre os estados com datas marcadas para a retomada das aulas. Será em 3 de novembro. A maioria das unidades da federação, diante das incertezas sanitárias, tem optado pelo retorno do ensino de maneira remota. É o caso de Alagoas, com aulas virtuais recomeçadas desde 17 de setembro. (Com agências)

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: 5 anos do surto de microcefalia, Covid suspende aulas e nova pesquisa no Recife
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #289 - Colênquima e esclerênquima
Rhaldney Santos entrevista Dra. Larissa Ventura, oftalmopediatra
Rhaldney Santos entrevista João Campos (PSB)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco