Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

VIOLÊNCIA

TJ-ES afirma que julgamento de criança grávida não terá influências religiosas

Publicado em: 14/08/2020 20:05 | Atualizado em: 14/08/2020 20:11

Menina de 10 anos deu entrada no Hospital Estadual Roberto Silvares com suspeita de gravidez (Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde do Espírito Santo)
Menina de 10 anos deu entrada no Hospital Estadual Roberto Silvares com suspeita de gravidez (Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde do Espírito Santo)
caso da menina que engravidou aos 10 anos após uma série de estupros praticados pelo tio gerou comoção nas redes sociais. Internautas usaram o Twitter para pressionar o Estado do Espírito Santo a autorizar a criança a realizar um aborto, promovendo a hashtag "#gravidezaos10mata". 

A campanha saiu da internet e ganhou um abaixo assinado, fomentado pelo Coletiva Sangria e pela Frente pela Legalização do Aborto do Espírito Santo, formado por outras 47 entidades. A meta, de meio milhão de assinaturas, está muito perto de ser batida.

De acordo com informações do portal Uol, TJ-ES (Tribunal de Justiça do Espírito Santo ) disse hoje que "todas as hipóteses constitucionais e legais para o melhor interesse da criança serão consideradas" para julgar o caso da menina, que está grávida de três meses. O órgão garantiu que "influências religiosas, filosóficas, morais, ou de qualquer outro tipo" não definirão o futuro da gestação.

Entenda o caso
A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) indicou, nessa quinta-feira (13), um homem de 33 anos suspeito de abusar da sobrinha por cerca de quatro anos, em São Mateus (ES). O caso passou a ser investigado no último sábado (8), após a criança dar entrada em hospital com suspeita de gravidez.

O suspeito foi indiciado pela prática dos crimes de ameaça e de estupro de vulnerável, ambos praticados de forma continuada. As investigações foram conduzidas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de São Mateus e contou com o apoio da delegacia da cidade e do conselho tutelar.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro
Rhaldney Santos entrevista o empreendedor digital Harry Thorpe, criador da plataforma Miauu
Rhaldney Santos entrevista a ginecologista Altina Castelo Branco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco