Diario de Pernambuco
Busca

COLUNA

Grupo MBP investe R$ 100 Milhões em PE

Por: Ecio Costa

Publicado em: 14/11/2022 06:00

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
O Grupo Metalúrgica Barra do Piraí (MBP) inaugurou sua nova fábrica em Pernambuco com investimento acima de R$ 100 Milhões. A fábrica vai gerar 160 empregos diretos e mais de 500 empregos indiretos e fica localizada no município de Ribeirão, Mata Sul de Pernambuco. O investimento deve atrair mais negócios ligados ao setor.

Na sexta-feira (11/11) aconteceu a inauguração da fábrica com a presença do seu presidente, Ronald Carvalho, que apresentou os planos de crescimento do Grupo MBP aqui em Pernambuco. Esta é a 4ª unidade do grupo com mais de 70 anos no Brasil. As demais unidades ficam em Barra do Piraí e Valença no Rio de Janeiro e Araquari em Santa Catarina.

O projeto de mais de R$ 100 Milhões tem parte dos recursos financiados pelo Banco do Nordeste (BNB) com um grande apoio da Superintendência Estadual do BNB, através do seu Superintendente, Pedro Ermírio. O esforço na atração da empresa tem a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (ADEPE), através do seu Diretor-Presidente, Roberto Abreu e Lima, como principal envolvido no processo.

A fábrica vai atender a Região NE produzindo painéis, telhas e portas com isolamento térmico que servem para centros de distribuição, centros de conservação de frutas e sementes e para supermercados, galpões e outras construções civis que precisam de conservação da temperatura.

O Grupo MBP mal inaugurou e já está planejando uma expansão da fábrica, pois a unidade começou a produção com diversas demandas e faturando para a região. No evento foi apresentada a possibilidade da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) montar uma unidade ao lado da unidade do Grupo MBP para fornecer bobinas de aço, já que hoje precisa importá-las para fornecer ao Grupo MBP devido ao alto custo logístico.

O Grupo MBP está hoje entre as 1.000 maiores empresas do Brasil e é o segundo maior cliente da CSN. Isso reforça o conceito que a implantação de uma indústria numa região pode ter um efeito multiplicador, atraindo elos da mesma cadeia produtiva e desenvolvendo uma região através da geração de empregos e renda.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.