Diario de Pernambuco
Busca

Dengue

Recife realiza Dia D de Vacinação contra Dengue nesta quarta-feira (15); saiba onde receber a dose

Imunizante pode ser encontrado em 71 salas de vacinação espalhadas nos 8 distritos sanitários da cidade. Agentes Comunitários de Saúde também estarão, em busca ativa, visitando as casas, avaliando os cartões de vacinação e convocando o público-alvo para receberem o imunizante

Publicado em: 14/05/2024 18:50 | Atualizado em: 15/05/2024 05:27

O esquema vacinal é composto por duas doses, com um intervalo de três meses entre elas, permitindo que o sistema imunológico se fortaleça progressivamente contra os sorotipos do vírus (Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil)
O esquema vacinal é composto por duas doses, com um intervalo de três meses entre elas, permitindo que o sistema imunológico se fortaleça progressivamente contra os sorotipos do vírus (Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil)
Moradores do Recife poderão garantir a imunização ao vírus da dengue nesta quarta-feira (15), quando a prefeitura irá realizar um Dia D de  Vacinação contra a Dengue. Ao todo, 71 salas de vacinação vão fazer parte da campanha, entre elas unidades de Saúde da Família (USF+), Unidades Básicas Tradicionais (UBT) além do Centro de Saúde Ermírio de Moraes. 

Além disso, agentes comunitários de saúde farão visitas domiciliares para verificar os cartões de vacinação e convocar o público-alvo. Para agilizar o processo, a Secretaria de Saúde recomenda que os usuários levem um documento de identificação, a carteira de vacinação e o cartão SUS (se tiverem esses dois últimos).   

O Dia D de Vacinação contra a Dengue tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e atingir a meta de 90% estabelecida pelo Ministério da Saúde. A campanha vem diante da baixa adesão da população em relação ao imunizante, que está disponível para crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos.

O esquema vacinal é composto por duas doses, com um intervalo de três meses entre elas, permitindo que o sistema imunológico se fortaleça progressivamente contra os sorotipos do vírus. 

A vacina Qdenga se baseia na tecnologia do vírus vivo atenuado, contendo os quatro sorotipos (1,2,3 e 4) do vírus da dengue. O imunizante segue o mesmo princípio das vacinas atenuadas já conhecidas, como as tríplice viral, febre amarela e contra a catapora, proporcionando uma resposta imunológica eficaz.

A lista completa dos locais por ser conferida neste link.

"Montamos uma verdadeira força de vacinação. Convocamos todas as crianças e adolescentes, entre 10 e 14 anos, grupo considerado de maior risco de hospitalização pela doença, a comparecer em um dos nossos pontos de vacinação. O Dia D representa um avanço importante no enfrentamento das arboviroses no Recife, complementando as ações de controle do vetor e de assistência aos pacientes. A participação ativa dos pais e responsáveis é fundamental para alcançarmos uma cobertura vacinal abrangente", convoca a gerente do Programa de Imunização do Recife, Nádia Carneiro.  

Combate à dengue

Além da vacinação, é fundamental que as pessoas estejam atentas à eliminação dos possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. Medidas simples, como a eliminação de água parada em recipientes e a manutenção da limpeza de caixas d'água e calhas, são fundamentais para prevenir a proliferação do vetor. 

Em caso de sintomas como febre, dor no corpo e manchas na pele, é importante procurar uma unidade de saúde e evitar a automedicação. Denúncias de possíveis focos de mosquito podem ser feitas na Ouvidoria do SUS, no app Conecta Recife ou no site da Prefeitura do Recife.

Denúncias de possíveis focos de mosquito podem ser feitas, primeiramente, na Ouvidoria do SUS, através do telefone 0800.281.1520, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, no app Conecta Recife, na plataforma Denunciar Foco de Dengue, ou no site da Prefeitura do Recife, em qualquer horário.

Pernambuco já registrou três mortes por dengue em 2024, todas no interior do Estado. Uma das vítimas foi uma criança de apenas 10 anos de idade, que desenvolveu sintomas como febre, dor articular, cefaléia, dor retro-ocular, mialgia, náuseas, prostração, sonolência, vômitos com sangue, hipotermia, prurido, dor abdominal, equimose, dor de garganta, coriza, petéquias, dispneia e paresia.
Tags: dengue | recife | vacina |
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL