Diario de Pernambuco
Busca

FALSO PIPOQUEIRO

Falso pipoqueiro é preso por assaltar motoristas na Agamenon Magalhães com arma de brinquedo

Segundo polícia, jovem tem 18 anos e praticou ao menos cinco crimes no Derby e na Ilha do Leite, sobretudo, contra mulheres

Publicado em: 21/05/2024 13:27 | Atualizado em: 21/05/2024 13:36

O suspeito se passava por pipoqueiro para roubar motoristas na Avenida Agamenon Magalhães, na área Central do Recife  (Foto: Divulgação/PCPE )
O suspeito se passava por pipoqueiro para roubar motoristas na Avenida Agamenon Magalhães, na área Central do Recife (Foto: Divulgação/PCPE )

Um falso pipoqueiro foi preso após praticar, ao menos, cinco assaltos a motoristas, na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro do Derby, na área Central do Recife. 

O suspeito, de 18 anos, usava uma arma de brinquedo escondida dentro da sacola das pipocas para enganar as vítimas, em sua grande maioria, mulheres. 

A Polícia Civil apresentou detalhes da prisão do suspeito, nesta terça-feira (21), em coletiva à imprensa, na sede operacional da corporação, no bairro da Boa Vista, na área Central da capital. 

O suspeito foi preso no dia 17 deste mês, quando o suspeito estava munido do simulacro e de posse de 15 pedras de crack. 
Ele foi detido por uma equipe de policiais que ficou de campana, na Avenida Agamenon Magalhães, nas imediações do bairro da Ilha do Leite. 

A prisão aconteceu após a polícia rastrear a movimentação do assaltante que tinha um histórico de praticar roubos tanto na Ilha do Leite, quanto no bairro do Derby. 

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Mário Melo, a polícia tomou conhecimento que o suspeito estava praticando roubos naquelas áreas no dia 10 deste mês. 

Naquele dia, o suspeito, que não teve o nome divulgado, praticou um assalto contra uma motorista que estava com o seu veículo parado, no cruzamento das Avenidas Agamenon Magalhães e Abdias de Carvalho. 

O suspeito roubou as joias da vítima, mas não conseguiu levar o celular. 

“Ele simulava ser ‘pipoqueiro’, abordava a vítima, em que ele faz de um jeito no qual as pessoas não percebem que se trata de um assalto. As pessoas pensam que ele realmente se trata de um ambulante. Ele usava uma arma falsa, onde coloca dentro da sacola de pipocas, e acaba abordando as vítimas e roubando os pertences. Já existem outras investigações, onde identificamos que ele já praticou outros cinco assaltos, nesse mesmo modus operandi. A maioria dos casos é roubo a mulheres em veículos. Uma das vítimas relatou que foi enganada pelo suspeito, que pensou que se tratava realmente de um pipoqueiro. Mas, daí, ao se aproximar do veículo ele batia com o simulacro no vidro e anunciava o assalto e roubava os pertences das vítimas”, explicou o delegado Mário Melo. 
O delegado Mário Melo deu detalhes sobre a prisão do suspeito  (Foto: Wilson Maranhão/DP )
O delegado Mário Melo deu detalhes sobre a prisão do suspeito (Foto: Wilson Maranhão/DP )

Segundo o investigador, o suspeito já respondia a outros processos, quando era menor, em que foi apreendido por praticar furtos e roubos. 

Alerta

O delegado titular da Delegacia Seccional do Espinheiro, Diego Acioli, ressaltou que a prisão do falso pipoqueiro é um caso atípico.

“É importante ressaltar que isso é um caso atípico, pois realmente existem ambulantes sérios e que estão trabalhando honestamente na venda de pipoca e outros produtos. Estamos mapeando outros casos e as investigações seguem”, enfatizou o investigador, que também participou das investigações. 

Após ser detido, o suspeito passou por audiência de custódia, em que a prisão em flagrante foi convertida em preventiva. Ele foi recolhido para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.
Tags: falso | pipoqueiro | preso | assaltar |
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL