Diario de Pernambuco
Busca

Combate ao crime

Ex-companheiros são presos por envolvimento em dois casos de feminicídio no Estado

Assassinatos foram registrados pela polícia, esta semana, em Olinda, no Grande Recife, e em Trindade, no Sertão

Publicado em: 22/05/2024 08:05 | Atualizado em: 22/05/2024 08:09

maria Jailma foi morta em Trindade (Foto: Rede Social )
maria Jailma foi morta em Trindade (Foto: Rede Social )
Dois casos recentes de feminicídio ocorridos em Pernambuco foram desvendados e terminaram com as prisões de ex-companheiros das vítimas. 
 
Os crimes aconteceram nos dias 19 e  20 de maio.
 
O primeiro deles foi em Sapucaia, em Olinda, no Grande Recife, e o outro, em Trindade, no Sertão pernambucano. 
 
Nos dois casos, as prisões foram efetuadas logo depois por equipes das Polícias Militar e Civil. 
 
O feminicído fica configurado quando a mulher é morta por uam questão de gênero. 
 
Trindade
 
No caso do Sertão, Michael Alencar Santos, de 25 anos, foi preso pela morte de Maria Jailma Alencar Oliverira, de 21 anos. 
 
A jovem levou ao menos 19 facadas e o Michael passou a ser procurado em toda a região. 
 
Por meio e nota divulgada nesta quarta (22), a polícia disse que "as diligências foram iniciadas imediatamente após o fato e a equipe da Polícia Militar conseguiu capturar o suspeito".
 
 O homem foi levado para a delegacia para a realização dos procedimentos cabíveis.
 
Michael será encaminhado para audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Olinda
 
Em Olinda, a polícia registroiu o feminicídio de Larissa Cristina Lira de Santana. 
 
Segundo a Polícia, o ex-companheiro dela foi preso pelo assassinato. 
Na ação, o irmão dele também acabou sendo preso pelo envolvimento no crime. 
 
A operação foi realizada pelo delegado Roberto Geraldo, com equipes do Varadouro e  Rio Doce. 
 
Ainda seguindo a polícia, depois de cometer o crime, os ormãos fugiram e se esconderam em Surubim, no Agreste pernambucano. 
 
"Um dos homens confessou o crime com riqueza de detalhes, foram ouvidos familiares que presenciaram as ameaças de morte, proferidas pelo outro acusado com quem a vítima tinha um relacionamento conflituoso por dez anos", acrescentou a coproração. 


Estatísticas
 
Pernambuco registrou uma queda de 40% nos casos de feminicídios em março deste ano.  
 
A afirmação foi da Secretaria de Defesa Social (SDS).

 Segundo a SDS, em março de 2024, houve o registro de seis mortes violentas por causa do gênero no Estado. 
 
No mesmo mês do ano passado, foram dez casos contabilizados. 
 
No primeiro trimestre deste ano, o Estado já contabilizou 17 casos de feminicídios, o que equivale a uma redução de 15% dessas ocorrências em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram somados 20 casos. 
 
Segundo a SDS, em parceria com a Secretaria da Mulher (SecMulher), estão sendo investidos recursos para campanhas de conscientização sobre relacionamentos abusivos, além de alertar para que as mulheres denunciem os casos de violência doméstica e familiar. 
 
“No mês de março, a SDS, através das Forças de Segurança Pública de Pernambuco, Polícia Militar e Civil, integrou a Operação Átria, de âmbito nacional. A ação é voltada para o combate da violência contra a mulher em razão do gênero, com foco no combate ao feminicídio, violência física, psicológica, patrimonial, moral e sexual contra mulheres e demais tipificações, levando atendimento e informação a todas as regiões pernambucanas”, destacou a SDS por meio de nota. 

A secretaria  disse que a operação alcançou mais de 20 mil pessoas no Estado, sendo efetuados 198 prisões e oito apreensões de menores envolvidos com algum tipo de crime contra mulheres. 

“Além disso, foram emitidas 160 medidas cautelares para garantir a segurança das mulheres em situação de vulnerabilidade”, destacou a SDS na mesma nota.  
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL