Diario de Pernambuco
Busca

EDUCAÇÃO

Professores do Recife aceitam proposta de reajuste e descartam greve

Categoria realizou, nesta quarta (3), uma assembleia-geral, no na Boa Vista

Publicado em: 03/04/2024 13:17 | Atualizado em: 03/04/2024 20:20

A assembleia geral da categoria aconteceu na manhã desta quarta (3), no auditório do Teatro da Boa Vista, na área Central do Recife  (Foto: Marina Torres/DP )
A assembleia geral da categoria aconteceu na manhã desta quarta (3), no auditório do Teatro da Boa Vista, na área Central do Recife (Foto: Marina Torres/DP )

Os professores da Rede Municipal de Ensino do Recife decidiu, nesta quarta (3), aceitar a proposta de reajuste salarial de 4% proposta pela Prefeitura do Recife (PCR).

A assembleia-geral dos docentes foi convocada pelo Sindicato Municipal dos Profissionais de Ensino da Rede Oficial do Recife (Simpere).
 
A reunião aconteceu no Teatro da Boa Vista, na área Central da capital. 

Além de aceitar o reajuste proposto pela gestão municipal, a categoria informou que descarta, no momento, a decretação de estado de greve. 
A categoria está em  campanha salarial pela valorização do Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da categoria.

Na terça (2), os professores realizaram um ato em frente ao Pátio da Prefeitura do Recife, no Cais do Apolo, na área Central da cidade. 

Depois do ato, representantes se reuniram em uma mesa de negociação com a gestão municipal. O encontro foi encerrado por volta das 20h. 

“A proposta do governo foi aceita, apesar de não contemplar nossa categoria em seu pleito. Visto que, nos anos anteriores, o prefeito (João Campos) não pagou o piso em sua totalidade, gerando uma perda de 14.67%. Hoje, em relação às demais cidades da região metropolitana, Recife tem o pior salário”, destacou a secretária de Imprensa e Divulgação do Simpere, Adneva Azevedo. 
 
O que diz a prefeitura 

Procurada pelo Diario de Pernambuco, a Prefeitura do Recife por meio de nota disse que: "A Prefeitura do Recife informa que chegou a um acordo com a categoria dos profissionais de educação hoje e não haverá suspensão de aulas. A gestão propôs reajuste salarial de 4%, percentual superior ao percentual oficial do piso salarial para este ano, que foi aprovado em assembleia realizada pela categoria na manhã desta quarta-feira (3). A proposta aprovada contempla também uma reestruturação da carreira dos professores com a padronização dos intervalos entre os GMs (tempo de serviço) e a revisão dos intervalos de qualificação profissional, para as classes de mestrado e doutorado. A Prefeitura do Recife esclarece que sempre cumpriu o piso nacional com reajustes salariais anuais. Neste contexto, a Gestão informa que, desde o mês de janeiro, nenhum professor recebe abaixo do piso estabelecido pelo Governo Federal para o exercício de 2024, conforme determina a Portaria do MEC nº 61/2024". 
 
Ainda segundo a gestão municipal. "Entre as propostas debatidas nas mesas de negociação, a categoria aprovou ainda a convocação de toda a lista atual para acréscimo de carga horária, correção do valor do abono educador, e autorização para afastamento remunerado de quatro anos para cursos de doutorado. A Prefeitura destaca também que vem avançando em ações voltadas para o bem estar dos profissionais, plano de formação continuada, notebooks com modem para todos os professores, melhores condições de trabalho com melhoria da infraestrutura das escolas e creches, materiais e equipamentos. A gestão também realizou o maior concurso público e a maior nomeação de professores da história da educação do Recife, com contratação imediata de mil profissionais para reforçar as fileiras da estrutura pedagógica com foco na aprendizagem dos estudantes", complementou a PCR. 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL