Diario de Pernambuco
Busca

SÃO PAULO

Mãe de motorista da Porshe é indiciada pela polícia por impedir exame toxicológico do filho

Daniela Cristina de Medeiros Andrade, de 45 anos, retirou filho da cena do crime e não o levou até hospital, como se comprometeu a fazer

Publicado em: 03/04/2024 14:41 | Atualizado em: 03/04/2024 14:47

Fernando Sastre de Andrade Filho, motorista de Porsche que se envolveu em acidente na zona leste (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)
Fernando Sastre de Andrade Filho, motorista de Porsche que se envolveu em acidente na zona leste (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

Daniela Cristina de Medeiros Andrade, de 45 anos, será indiciada pela Polícia Civil por fraude processual, porque ela inviabilizou que seu filho, o empresário Fernando Sastre de Andrade Filho, 24, fosse submetido a exames toxicológicos. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (3/4), em sigilo, por fontes policiais que acompanham o caso.

 

O empresário foi indiciado por homicídio, após bater o carro de luxo que conduzia, em altíssima velocidade, contra o veículo do motorista de aplicativo Ornaldo da Silva Viana, 52, na madrugada do domingo (31/3). A vítima morreu logo após dar entrada no Hospital Municipal do Tatuapé.

 

Em seu depoimento, obtido pelo Metrópoles, Fernando diz que tinha acabado de sair de uma casa de pôquer com um amigo antes da colisão, na Avenida Salim Farah Maluf, na zona leste de São Paulo, e afirma que não ingeriu bebidas alcoólicas. Ele abandonou o Porsche, avaliado em R$ 1,2 milhão, fugiu sem prestar socorro à vítima e só se apresentou à polícia 38 horas depois.

 

Confira a matéria completa no Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL