Diario de Pernambuco
Busca

DP SOCIAL

Construção de elo como foco do Espalhando Luz

Projeto foi criado em 2013 após a idealizadora vencer um câncer e decidir retribuir o apoio que recebeu no HCP. Hoje são com 61 voluntários em ação

Publicado em: 03/04/2024 10:55

Atividades acontecem na Região Metropolitana do Recife
 (Foto: Divulgação)
Atividades acontecem na Região Metropolitana do Recife (Foto: Divulgação)
“Nosso foco é ser elo de quem quer ajudar para quem precisa de ajuda.” é assim que a fundadora do projeto Espalhando Luz, Joanna de  ngelis, define a missão desempenhada pelo grupo de voluntários. A iniciativa foi criada em 2013, após ela idealizadora vencer a leucemia e decidir retribuir o apoio que recebeu no hospital onde passou mais de seis meses em tratamento contra o câncer. A sua principal inspiração foram os Doutores da Alegria, que visitavam constantemente o Hospital de câncer de Pernambuco (HCP). Após observar que a demanda de pessoas no hospital e fora dele era de urgência, o projeto expandiu seu campo de ações.

As atividades do projeto são mensais e acontecem na Região Metropolitana do Recife. Entre elas estão a entrega de cestas básicas para famílias cadastradas na iniciativa; distribuição de janta para cerca de 150 acompanhantes do Hospital Otávio de Freitas, no Recife; Ação Abraço, nesta é trabalhado o acolhimento a pessoas para que elas se sintam amadas, também sendo conscientizado sobre o Setembro Amarelo, sendo destacado que a vida é o bem maior; e as ações emergenciais, nelas, a equipe de voluntários atua na linha de frente de enchentes, levando alimento, agasalhos em comunidades carentes. Todas as realizações acontecem mensalmente e são totalmente dependentes de doações. 

A fundadora destaca uma ação que ficou marcada na história da iniciativa, sendo uma prova viva de transformação na vida Dona Marli, 53 anos, moradora da comunidade Sapo Nu, no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife, onde os voluntários ajudaram na construção uma casa nova para ela. “Até hoje ela é cadastrada e recebe mensalmente suas doações, também é voluntária oficial do nosso Espalhando Luz e faz ações internas e externas conosco. Também somos ‘suporte’ para nossos voluntários, porque eles também são prioridades. O projeto Espalhando Luz possui 61 voluntários, que ajudam de forma direta e indireta fazendo com que coisas extraordinárias aconteçam. Convidamos sempre quem doa para ir às ações e sentir, estar no lugar de entregar e conhecer como funciona toda ação”, contou Joanna.

A principal demanda do projeto com sede situada no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, é o restabelecimento do estoque de alimentos não-perecíveis, cestas básicas e materiais de limpeza para a realização das próximas ações. Para apoiar o projeto com doações de alimentos, cestas básicas, produtos de limpeza, roupas, em bom estado, o contato é feito pelo telefone (81) 995905547 ou pelo Instagram, @espalhandooluz. Outra opção de ajuda é através da contribuição financeira, que é realizada pelo Pix, cuja é: 81995905547 - (Joanna de  ngelis).

Se você participa de uma Organização Não Governamental (ONG) ou conhece projeto social e deseja que a história dessa ação seja contada no DP+Social, sugira através do nosso e-mail: social@diariodepernambuco.com.br.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL