Diario de Pernambuco
Busca

FUGA

PF leva 16 horas para chegar ao sítio em Mossoró onde estavam escondidos os fugitivos

Os fugitivos de Mossoró estavam escondidos no sítio do mecânico Ronaildo da Silva Fernandes e fugiram antes da chegada da PF ao local

Publicado em: 04/03/2024 09:07 | Atualizado em: 04/03/2024 09:19

Fuga de Mossoró foi inédita na história do país (Crédito: reprodução)
Fuga de Mossoró foi inédita na história do país (Crédito: reprodução)

A Polícia Federal (PF) demorou 16 horas para chegar ao sítio em que estavam escondidos Deibson Cabral Nascimento, o “Deisinho” ou “Tatu”, e Rogério da Silva Mendonça, conhecidos como os fugitivos de Mossoró, cidade no Rio Grande do Norte. A informação foi revelada pelo Fantástico, que ouviu o homem preso acusado de ajudar os foragidos, o mecânico Ronaildo da Silva Fernandes, e acompanhou as investigações do caso de perto.

 

Segundo a revista eletrônica, Ronaildo foi parado em uma barreira policial na cidade de Baraúna, em 23 de fevereiro, por volta das 13h45. No momento, ele contou aos agentes que os foragidos estavam no sítio, localizado na zona rural do município.

 

Ele foi liberado e chegou a levar mantimentos para Deibson e Rogério, como relatou em depoimento prestado às 22h18. O mecânico contou que foi ao sítio, por volta das 16h30, 17h, e levou “mortadela e bolacha”.

 

Confira a reportagem completa no Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL