Diario de Pernambuco
Busca

Educação

Recife lança programa que oferece 471 bolsas para cursos técnicos e de graduação

Estudantes poderão concorrer a uma das 61 vagas para graduação em ensino superior e de 410 vagas de ensino técnico. As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas de 21 a 27 deste mês

Publicado em: 21/02/2024 21:30 | Atualizado em: 21/02/2024 22:42

O investimento nesta iniciativa foi de mais de R$ 2 milhões (Foto: Edson Holanda/PRC)
O investimento nesta iniciativa foi de mais de R$ 2 milhões (Foto: Edson Holanda/PRC)

Os estudantes do Recife contam com mais uma oportunidade para ingressar em uma universidade. O Prouni Recife passa a ser "Programa Educação Para Todos - Novo Prouni e Protec Recife". A iniciativa visa  conceder bolsas de estudos integrais para cursos de nível superior e técnico, na modalidade de ensino presencial.

Além das vagas de ensino superior, o programa vai oferecer centenas de bolsas para os estudantes que concluíram o ensino médio e desejam fazer um curso técnico. Ao todo, são 471 bolsas, sendo 61 para a graduação superior e 410 para o ensino técnico. Os interessados podem se inscrever gratuitamente entre os dias 21 e 27 de fevereiro através deste link.

O investimento nesta iniciativa foi de mais de R$ 2 milhões e garante que todas as bolsas disponíveis no Novo Prouni e Protec tenham 100% de financiamento com recursos do tesouro municipal. Até o ano passado, o programa operava com a isenção de impostos para as instituições superiores habilitadas.

“São  450 bolsas de ensino técnico, que a prefeitura vai pagar de forma integral. Quando a gente olha para os países da OCDE, a quantidade de estudantes que fazem o ensino técnico é muito acima do Brasil. Nós precisamos ter mais qualificação e essa qualificação tem que ser diretamente ligada com as capacidades necessárias para gerar emprego, com a escuta do mercado formal de trabalho. É por isso que parte importante dessa formação vai ser na área de saúde, porque o segundo maior polo de saúde do Brasil está aqui no Recife e a gente precisa ter gente qualificada para isso”, destacou o prefeito João Campos.

Para o curso de graduação, serão distribuídas 61 bolsas entre a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS) e Uninassau. Os cursos ofertados englobam engenharia civil, odontologia, enfermagem, psicologia, pedagogia e fisioterapia. 

Já para os cursos técnicos, as 410 vagas estão distribuídas entre o Senai, Senac e Cesa - Centro de Estudos da Saúde. Há bolsas para cursos de técnicos em manutenção automotiva, refrigeração e climatização, enfermagem, segurança do trabalho, logística, radiologia, edificações, farmácia, nutrição e dietética, análises clínicas, eletrotécnica, mecânica industrial, manutenção de redes de computadores.

Os estudantes aprovados também terão direito ao Vem Passe Livre.

Os professores da rede municipal de ensino do Recife também estão inclusos no programa e poderão se inscrever para o curso de pedagogia, independente da renda familiar per capita.

Processo seletivo

Para participar do processo de seleção, o estudante precisa residir no Recife há pelo menos 3 anos, ter renda per capta de até dois salários mínimos, ser aluno de escola pública ou bolsista integral em escola privada no ensino médio, assim como não possuir diploma de nível superior e ou técnico.

Além disso, o processo de seleção tem como requisito, tanto para cotistas como não cotistas, alunos que obtiveram as maiores notas no último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Cotas

As vagas para pessoas negras e pardas aumentaram de 25% para 50% no programa. Além disso, 10% das oportunidades serão destinadas aos deficientes e mais 10% para mulheres em situação de vulnerabilidade. 

Para a ampla concorrência, foram destinadas 30% das vagas, sujeitas às exigências.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL