Diario de Pernambuco
Busca

Trânsito

Passarela de pedestres sobre BR-232 é demolida; motoristas devem ficar atentos

Segundo o DER, a obra emergencial é necessária para o controle %u201Cprovisório%u201D de velocidade nos sentidos da via

Publicado em: 25/02/2024 17:09 | Atualizado em: 25/02/2024 17:14

Passarela está sendo demolida  (Foto: divulgação )
Passarela está sendo demolida (Foto: divulgação )
Uma passarela de pedestres na rodovia BR-232, no bairro do Curado, na Zona Oeste do Recife, começou a ser demolida.
 
Os motoristas que trafegaram pelo quilômetro 8 da via, neste domingo (25), se depararam com os trabalhadores do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER-PE) na execução do serviço. 
 
Segundo o DER,  a obra emergencial é necessária para o controle “provisório” de velocidade nos sentidos da via. 

O departamento informou que, para a realização do serviço, um trecho da rodovia precisou ser interditado para a execução da demolição do equipamento. 

Contudo, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apesar do bloqueio, o tráfego de veículos é considerado normal na via. 

A ação ocorreu após a conclusão da triplicação da via, no final de 2023. 

Por meio de nota, o DER informou que adotará medidas provisórias como alternativas para os transeuntes atravessarem a via após a demolição da passarela. 

“A implantação de um sistema eletrônico de controle de velocidade para assegurar que os veículos não ultrapassem a velocidade de projeto da via, 50 km/h, aumentando a segurança de pedestres e motoristas que trafegam pela rodovia. Nesta ação, também serão instaladas câmeras de monitoramento para acompanhamento remoto do tráfego e da obra, de modo a agilizar ações corretivas a eventuais ocorrências. O DER também colocará na rodovia dois veículos com paineis luminosos que projetarão mensagens de orientação e avisos para os motoristas e toda a operação será feita com apoio da Polícia Rodoviária Federal", disse o DER por meio de nota. 

O  disse, ainda, que algumas operações de interdição pontuais ainda serão necessárias no decorrer da obra, que deve durar até começo de junho, conforme previsto no cronograma da obra de triplicação da BR-232”.


COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL