Diario de Pernambuco
Busca

DISTRITO FEDERAL

Mulher finge ser liderança do PL e aplica golpe em pastores e empresários

Pelo menos 10 pessoas amargaram prejuízos entre R$ 5 e 10 mil ao comprarem passagens falsas para Portugal

Publicado em: 20/02/2024 15:31 | Atualizado em: 20/02/2024 15:36

O caso é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (foto: Reprodução/Redes sociais)
O caso é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (foto: Reprodução/Redes sociais)

Uma mulher que se apresentava como uma das lideranças do Partido Liberal Mulher (PL), em Águas Claras, aplicou golpe em vítimas que acreditavam ter comprado passagens aéreas para Lisboa, em Portugal, para participar de uma conferência partidária em terras lusitanas. Pelo menos 10 pessoas, entre elas pastores, servidores públicos e empresários, amargaram prejuízos entre R$ 5 e R$ 10 mil. O caso é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal.

 

A falsa liderança do PL mulher é Ivana Nazaré Freitas de Oliveira (foto em destaque), 59 anos. Articulada e sempre circulando entre pessoas de alto poder aquisitivo e transparecendo ser extremamente religiosa, a estelionatária ganhou a confiança de empresários, advogados e líderes religiosos. A mulher chegava a se infiltrar em encontros do PL e tirar fotos com políticos conhecidos da legenda, como a deputada federal Bia Kicis.

 

A golpista notou a oportunidade de ganhar dinheiro fácil após ganhar a confiança de filiados do partido, e depois de passar pelo menos dois anos se relacionando com algumas das vítimas. Ivana, que chegou a ser condenada por peculato após ser demitida de serviço público, convenceu pessoas do seu círculo social a comprarem passagens fictícias para o país europeu.

 

 

Confira as informações completas na coluna Na Mira, no Metrópoles

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL