Diario de Pernambuco
Busca

SINISTRO DE TRâNSITO

Motocilista morre em colisão com poste após desviar de ciclista em Jaboatão

Sinistro aconteceu próximo ao Shopping Guararapes, na noite da última segunda (26)

Publicado em: 27/02/2024 00:30 | Atualizado em: 27/02/2024 10:26

A ciclista foi levada para o Hospital da Restauração, no Recife (Foto: Adelmo Lucena/DP)
A ciclista foi levada para o Hospital da Restauração, no Recife (Foto: Adelmo Lucena/DP)

Um motociclista de 37 anos morreu ao colidir com um poste após tentar desviar de uma bicicleta que estava na contramão. O sinistro de trânsito aconteceu na noite desta segunda-feira (26) na Avenida Ayrton Senna, próximo ao Shopping Guararapes, no bairro de Piedade, em Jaboatão. 

 

De acordo com testemunhas que estavam no local, o motociclista, que carregava uma passageira, estava em alta velocidade quando desviou de uma ciclista e se chocou contra o poste. Na colisão, ele teria quebrado o pescoço.

O homem, que não teve a identidade revelada, morreu no local do sinistro e a mulher teria sido levada para o Hospital da Restauração (HR) com escoriações leves, segundo informações.

 

O Insituto Legal de Medicina (IML) e a Polícia Militar de Pernambuco (PM) estiveram no local para remover o corpo e registrar a ocorrência.

 

Motos estão envolvidas em 73% dos sinistros de trânsito 

 

Um levantamento feito pela Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde e Atenção Primária mostrou que mais de 73% dos sinistros de trânsito ocorridos em 2022 em Pernambuco envolveram motociclistas. Foram pelo menos 28.257 casos no ano passado. 

 

Somente no Recife, entre os anos de 2017 e 2022, foram 6.636 pessoas feridas em sinistros com motos, sendo 5.227 condutores e 1.409 passageiros. 

 

Pelo menos 74,7% dos feridos são homens. O documento ainda expõe que o número de homens feridos no trânsito do Recife é três vezes maior do que o número de mulheres.

 

O balanço feito com dados entre os anos de 2017 e 2022, aponta que houve 219 motociclistas mortos em decorrência de acidentes. Eles ficam atrás apenas dos pedestres, com 293 vítimas fatais. 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL