Diario de Pernambuco
Busca

Violência

Casal é assassinado a tiros; carro apresentava mais de 30 marcas de disparos

Crime foi notificado na zona rural de Salgueiro, no Sertão

Publicado em: 25/02/2024 17:46

Damião e Damiana foram mortos  (Foto: Redes Sociais)
Damião e Damiana foram mortos (Foto: Redes Sociais)
A Polícia Civil de Pernambuco instaurou um inquérito para identificar e prender a dupla de suspeitos de matar a tiros um casal no Sertão do Estado. 

Os corpos de um homem de 43 anos e de uma mulher de 38 anos  foram encontrados dentro de um veículo.
 
O carro apresentava mais de 30 marcas de disparos de arma de fogo.

Ele estava em uma estrada de barro na Zona Rural do município de Salgueiro, distante 512 quilômetros do Recife. 

O caso aconteceu no sábado (24), mas foi confirmado pela Polícia Civil neste domingo (25). 

O duplo homicídio foi registrado pela Delegacia de Salgueiro, que ficará responsável pelas investigações. 

As vítimas foram baleadas enquanto estavam em um veículo que trafegava pela estrada de barro, entre o trecho do Sítio Camarinha e o distrito de Santa Rosa.
 
Esse local é o ponto de limite entre Salgueiro e Serrita, na região sertaneja pernambucana. 

Embora a polícia não confirme, informações extraoficiais dão conta que o casal foi vítima da ação de dois suspeitos, que estavam trafegando em uma motocicleta.
 
Eles se aproximaram do veículo onde as vítimas estavam e dispararam mais de 30 vezes. 

Informações preliminares dão conta que o casal foi identificado como Damião e Damiana.
 
O homem já teria passagem no sistema prisional do Estado por tráfico de drogas. 

“Caso segue em investigação até a completa elucidação do ocorrido”, disse a policia por meio de nota.

Após passar por perícia do Instituto de Criminalística (IC), os corpos das vítimas foram recolhidos para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina, também no Sertão do Estado.


Tags: carro | tiros | casal | sertão | crime | violência |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL