Diario de Pernambuco
Busca

Blocos

Blocos carnavalescos invadem as ladeiras de Olinda, nesta segunda

De bloco em bloco, o público grita "o Carnaval de Olinda é o melhor de todos!"

Publicado em: 12/02/2024 13:46 | Atualizado em: 12/02/2024 14:22

O colorido da decoração traça os caminhos em que todos os foliões se encontram e se concentram esperando a saída dos blocos. (Foto: Sandy James/ DP Foto)
O colorido da decoração traça os caminhos em que todos os foliões se encontram e se concentram esperando a saída dos blocos. (Foto: Sandy James/ DP Foto)
 
Fazendo jus à tradição de todos os anos, os blocos carnavalescos que sobem e descem as ruas do Sítio Histórico de Olinda, agitam os quatro cantos da cidade nesta segunda-feira (12).
 
O colorido da decoração traça os caminhos em que todos os foliões se encontram e se concentram esperando a saída dos blocos. 

Diante de tantas pessoas gritando, uma das frases mais faladas era que o Carnaval de Olinda é o melhor de todos.
 
E, com isso, teve o desfile dos bonecos gigantes às 9h, no Alto da Sé; às 9h15 o bloco dos torcedores do Santa Cruz, chamado ‘’Minha Cobra ", preencheu o Largo do Bonsucesso com os tricolores. 

A Fábrica do Samba trouxe percussão e samba no pé, para mostrar que em Olinda tem de tudo e mais um pouco, com todos os ritmos. 
Bloco Fábrica do Samba (Foto: Sandy James/ DP Foto)
Bloco Fábrica do Samba (Foto: Sandy James/ DP Foto)
 
O bloco da Pitombeira dos Quatro Cantos que há 70 anos participa da folia na cidade, reinou com as cores amarelo e preto em seu cortejo. 
Bloco 'Eu acho é pouquinho' voltado para as crianças e famílas. (Foto: Sandy James/ DP Foto)
Bloco 'Eu acho é pouquinho' voltado para as crianças e famílas. (Foto: Sandy James/ DP Foto)

O tradicional bloco do ‘’Eu acho é pouquinho’’ saiu de sua sede na Rua de São Bento, localizada em frente à Praça Laura Nigro, em Olinda, e arrastou uma multidão trajada nas cores vermelho e amarelo; com seu mascote: um dragão gigante por cima dos foliões. Muitas famílias compareceram para fazer a tradicional apresentação do carnaval de Olinda às crianças. 
Michelle Sales, Wagner Acampora e o filho do casal, Tom Salles de seis anos. A família sempre brinca carnaval. (Foto: Sandy James/ DP Foto)
Michelle Sales, Wagner Acampora e o filho do casal, Tom Salles de seis anos. A família sempre brinca carnaval. (Foto: Sandy James/ DP Foto)

Para Michele Sales, que é foliã de carteirinha, é uma tradição vir com sua família.

‘’Isso é tradição de amor, amor à terra, amor ao carnaval. Meu filho Tom tem seis anos e faz seis anos que a gente vem; ele ainda tava na barriga quando começamos. É amor à cultura, tá no sangue’’.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL