Diario de Pernambuco
Busca

SUPREMO

Após posse no STF, Flávio Dino participa de missa na Catedral de Brasília

Magistrado contou com a presença de colegas da corte, amigos e familiares na cerimônia

Publicado em: 22/02/2024 20:45


Após tomar posse, Flávio Dino participa de missa na Catedral de Brasília (foto: Renato Souza/CB/D.A Press)
Após tomar posse, Flávio Dino participa de missa na Catedral de Brasília (foto: Renato Souza/CB/D.A Press)

O ministro Flávio Dino, empossado nesta quinta-feira (22) no Supremo Tribunal Federal (STF), participa de uma missa na Catedral Metropolitana de Brasília. Ele se dirigiu até o templo religioso após cumprimentar autoridades dos Três Poderes, familiares e amigos que acompanharam a cerimônia na corte. Confira:  

 

 

 

O novo ministro optou por não realizar um jantar tradicional oferecido por associações de magistrados e preferiu comparecer ao evento religioso. Familiares de Dino, outros magistrados do Supremo, como Dias Toffoli, Luis Roberto Barroso e André Mendonça, também compareceram.

 

Em declarações a jornalistas, Flávio Dino lembrou que atuou como juiz federal antes de seguir o caminho político e prometeu prezar pela imparcialidade e respeitar as leis da magistratura enquanto estiver no cargo.

 

"Se eu tivesse continuado na carreira da magistratura hoje eu teria 30 anos de carreira. Momento muito importante da minha vida, momento em que fui muito bem recebido pelos colegas da casa e reitero compromissos fundamentais de exercer a magistratura integralmente, com imparcialidade, com isenção. Com respeito à Constituição, às leis. Quero contribuir para que o Judiciário funcione bem. No que se refere ao plano institucional, consigamos sempre elevar cada vez mais a harmonia dos poderes, cada um respeitando sua função, seu papel, tendo muita ponderação para que alcancemos o principal: que as políticas públicas e direitos cheguem a todos os lares", disse.

 

 

 

Na Catedral, o ministro Gilmar Mendes subiu ao púlpito e fez a leitura da Primeira Carta de São Pedro. "Caríssimos, exorto aos presbíteros que estão entre vós, eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que será revelada: sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente; não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, como modelos do rebanho. Assim, quando aparecer o pastor supremo, recebereis a coroa permanente da glória", diz o trecho do versículo lido pelo magistrado.

 

 

Confira as informações no Correio Braziliense


COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL