Diario de Pernambuco
Busca

AMAZÔNIA

Amazônia Legal registra desmatamento recorde no primeiro semestre

Por: AFP

Publicado em: 01/07/2022 23:01

 (Foto: Reprodução/Pixabay)
Foto: Reprodução/Pixabay
O desmatamento na Amazônia Legal no primeiro semestre do ano bateu um novo recorde desde que os registros começaram em 2016, aumentando os temores sobre o futuro da maior floresta tropical do planeta, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Ademais, os incêndios nessa região marcaram em junho um máximo para o mês em 15 anos, e aumentaram 17% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2021, de acordo com Inpe.

Entre 1º de janeiro e 24 de junho, o desmatamento englobou uma área de 3.750 km², o pior registro semestral desde 2016, início da série do Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em Tempo Real (Deter), baseado em alertas diários.

A floresta devastada equivale a uma superfície três vezes maior que a da cidade do Rio de Janeiro.

Janeiro e fevereiro foram os meses mais críticos neste ano, com 430 km² e 199 km² de áreas desmatadas, respectivamente, números sem precedentes para a estação chuvosa.

A marca mais alta de desmatamento semestral até o momento era a de 2021, quando havia chegado a 3.605 km², em aumento gradual desde 2017.

Incêndios em alta 
  
Sobre os incêndios que afetam a Amazônia, foram registrados em junho 2.562 focos, a pior marca para o mês em 15 anos, desde os 3.519 focos no mesmo mês de 2007, segundo o Inpe.

O número é 11% maior que o total de junho de 2021, quando houve 2.305 focos.

No primeiro semestre deste ano foram registrados, no total, 7.533 incêndios na Amazônia, um aumento de 17% em relação ao mesmo período de 2021.

No Cerrado, foram 4.239 focos de incêndio em junho, o número mais alto para o mês desde 2010, quando chegou a 6.443. Em todo o semestre, os focos de incêndio chegaram a 10.869, 13% a mais que no mesmo período de 2021.

"A estação seca mal começou e a Amazônia já está batendo novos recordes na destruição ambiental", lamentou Cristiane Mazzetti, porta-voz para a região do Greenpeace Brasil, em uma nota de imprensa.

Ambientalistas e opositores acusam o governo de Jair Bolsonaro de fomentar a devastação de terras por suas políticas favoráveis ao agronegócio.

"O impacto desse descaso político será a perda cada vez maior da resiliência desses ambientes, sem contar com os prejuízos para as comunidades locais e para a saúde. O cenário é muito preocupante", disse em nota Mariana Napolitano, gerente de Ciências da WWF Brasil.

Apesar de o uso do fogo ter sido proibido por decreto presidencial de 23 de junho por 120 dias no território brasileiro, foram registrados desde então 1.113 focos na Amazônia, destacou o Greenpeace.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 21h39

Diagnóstico de monkeypox será feito em todos os Lacens até agosto

12/08/2022 às 21h38

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

12/08/2022 às 21h36

Single de Beyoncé conquista a primeira posição da Billboard Hot 100

12/08/2022 às 21h30

FBI diz ter apreendido documentos classificados na mansão de Trump

12/08/2022 às 21h24

Confira os resultados da Quina 5922 e da Lotomania 2351 desta sexta

12/08/2022 às 21h18

Ator e comediante Kenan Thompson vai apresentar o Emmy 2022

12/08/2022 às 21h15

Wyden aproveita o crescimento do EAD e aumenta o seu portfólio de cursos nesta modalidade

12/08/2022 às 21h13

Masterboi inaugura a sua primeira planta frigorífica no Nordeste

12/08/2022 às 21h09

HBO Max pode demorar 45 dias para receber os lançamentos da Warner

12/08/2022 às 21h00

Varíola do macaco: empresa brasiliense submete dois testes à Anvisa

12/08/2022 às 20h51

Defesa afirma que supersalários divulgados 'apresentam incorreções'

12/08/2022 às 20h49

Ludmilla anuncia data de lançamento de Numanice #2 ao vivo

12/08/2022 às 20h48