Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

MACHISMO

Deputadas prometem ir ao Conselho de Ética por fala machista de Bibo Nunes

Publicado em: 03/12/2020 16:56

 (Foto: Agência Câmara)
Foto: Agência Câmara
Deputadas Federais protestaram, nesta quinta-feira (3), contra a fala de Bibo Nunes (PSL-RS), parlamentar da base aliada do governo Jair Bolsonaro. Ele se referiu às congressistas de oposição como "deputéricas", uma mistura das palavras deputadas e histéricas.

Em resposta, o grupo de deputadas prometeu protocolar representação no Conselho de Ética da Casa contra Bibo. A primeira a se manifestar foi Sâmia Bonfim (PSOL-SP). "Eu falo em meu nome, mas tenho certeza de que falo também em nome de todas as deputadas que se sentiram ofendidas e aviso para este deputado que nós não vamos parar de nos posicionar e de ocupar cada vez mais espaços na política", afirmou.

A líder da minoria na Câmara, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), reforçou a fala de Bonfim. "Nos enfrentar na desqualificação, na adjetivação? Por favor, venham com a capacidade que vocês têm. Se não têm capacidade, calem a boca! Parem de falar", afirmou. "Recolham-se em sua insignificância, mas não venham nos desqualificar e nos tratar como se fôssemos menores ou inferiores", concluiu.

Em seguida, as deputadas Flávia Arruda (PL-DF), Joenia Wapichana (Rede-RR) e Erika Kokay (PT-DF) tomaram a palavra e protestaram contra a fala de Bibo Nunes.

"Nós não vamos aceitar nenhum tipo de machismo. Já temos que conviver com isso nas ruas e não vamos aceitar que hoje, dentro de um parlamento formado por 77 mulheres, ainda exista esse tipo de fala, de conceito", afirmou Flávia. 

"Nós merecemos respeito, nós merecemos dignidade, porque nós também somos autoridade, nós somos parlamentares, e temos que ser tratadas com respeito por todos", disse Wapichana. 

"Se ele nos quer subalternizadas, eu concluo dizendo que não vai nos calar! Não vai nos calar! E vai ter que nos enfrentar com aquilo que ele é incapaz de fazer: a defesa fundamentada de ideias", pontuou Kokay.

Bibo Nunes pediu tempo de resposta sobre as críticas das deputadas, mas a Mesa da Câmara, presidida pelo deputado Paulo Ganime (Novo-RJ), decidiu não conceder.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com o Fernandinho Beltrão #369 #370 Isolamento geografico, reprodutivo e genético
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 15/01
Amazonas anuncia toque de recolher
Reino Unido proíbe voos do Brasil
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco