Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

FILME

Trump não gosta do criador de Borat, em plena polêmica sobre seu novo filme

Por: AFP

Publicado em: 26/10/2020 10:57

 (Foto: JUSTIN TALLIS / AFP
)
Foto: JUSTIN TALLIS / AFP
Donald Trump afirmou, neste sábado (24), que não é fã de Sacha Baron Cohen, cujo alter ego "Borat" está de volta com uma produção que tem como alvo os apoiadores do presidente americano e seu advogado Rudy Giuliani. Ao ser questionado por jornalistas a bordo do Air Force One sobre Borat Subsequent Moviefilm, no qual Giuliani é alvo de uma falsa entrevista com uma jovem atraente, Trump disse: "Não sei o que aconteceu".

"Mas, sabe, há muitos anos ele tentou me enganar. E eu fui o único que disse 'de jeito nenhum'. Ele é um impostor. E eu não acho isso engraçado", afirmou. Trump disse que o incidente ocorreu há 15 anos. O presidente não deu mais detalhes sobre o encontro, mas em uma entrevista em 2003, Baron Cohen - no papel do aspirante a gangster Ali G, outro de seus personagens de ficção - propôs um negócio a Trump: luvas especiais para tomar sorvete.
 
O novo filme do comediante britânico, que estreou na sexta-feira no Amazon Prime, chega 14 anos depois de Borat (2006), que arrecadou 260 milhões de dólares, rendeu uma indicação ao Oscar e popularizou várias frases do personagem. Filmado em segredo neste verão quando Estados Unidos começou a relaxar seu confinamento pelo coronavírus, a câmera acompanha Baron Cohen enquanto ele interage com as pessoas e políticos através de seu desajeitado e altamente ofensivo alter ego.

No filme, o encontro com Giuliani parece deixar o ex-prefeito de Nova York, de 76 anos, em uma situação muito constrangedora, literalmente preso com as mãos dentro das calças. Na quarta-feira, Giuliani disse que a cena foi "uma armação completa". "Eu estava colocando minha camisa depois de tirar o equipamento de gravação. Em nenhum momento antes, durante ou depois da entrevista fui inadequado", tuitou. "Se Baron Cohen disser o contrário, ele é um grande mentiroso".
TAGS: filme | trump | donald | borat |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Argentina chora perda de Maradona
Jogadores se despedem de Maradona
Rhaldney Santos entrevista Dra Amanda López, neurocirurgiã pediátrica
Rhaldney Santos entrevista João Campos (PSB), candidato à Prefeitura do Recife
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco