Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

RIO DE JANEIRO

Mulher é sequestrada e torturada após denunciar estupro da filha no Rio

Publicado em: 22/09/2020 21:07

A mulher, ao ser encontrada, apresentava ferimentos por todo o corpo e precisou ser encaminhada ao hospital (Foto: Divulgação/PMERJ)
A mulher, ao ser encontrada, apresentava ferimentos por todo o corpo e precisou ser encaminhada ao hospital (Foto: Divulgação/PMERJ)
Uma mulher foi torturada e mantida em cárcere privado, junto aos seis filhos, por traficantes da favela do Muquiço, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro, após ter ido até os criminosos reclamar que a filha havia sido estuprada. O resgate correu nesta terça-feira (22) pelos policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

A mulher, ao ser encontrada, apresentava ferimentos por todo o corpo e precisou ser encaminhada ao Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste. Além dela, os seis filhos, todos menores de idade, também foram resgatados. A mais velha dos irmãos está grávida de seis meses.

Segundo informações da polícia, os criminosos estavam apenas aguardando a autorização do chefe do tráfico local, conhecido como Grisalho, para matar a mulher. O caso foi registrado na 35ª DP de Campo Grande.

Auxílio à família
Com ajuda dos agentes, a família retirou todos os pertences da comunidade para que possam recomeçar em outro local. A Subsecretaria de estado de Vitimados do Rio afirmou que vai prestar auxílio à família.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Candidatos têm características das mais distintas, mas estão longe de representar os grupos sociais
Resumo da semana: 5 anos do surto de microcefalia, Covid suspende aulas e nova pesquisa no Recife
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #289 - Colênquima e esclerênquima
Rhaldney Santos entrevista Dra. Larissa Ventura, oftalmopediatra
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco