Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Covid-19

Estado anuncia ampliação de testagem para qualquer pernambucano com sintoma gripal

Publicado em: 14/07/2020 17:22 | Atualizado em: 14/07/2020 19:20

 (Foto: Governo de Pernambuco/Divulgação)
Foto: Governo de Pernambuco/Divulgação
Em coletiva de imprensa transmitida virtualmente na tarde desta terça-feira (14), o secretário estadual de Saúde, André Longo, anunciou que o estado está ampliando, a partir desta quarta-feira (15), a possibilidade de realização de exame para a Covid-19 para qualquer pernambucano que tenha sintoma de síndrome gripal, mesmo em casos leves. 

Até então, os testes na rede pública estavam restritos a profissionais de saúde e de outras atividades essenciais, como segurança; imprensa; supermercados e farmácias, por exemplo. A testagem já estava disponível para quem atua em serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade; usuários e profissionais de residências terapêuticas e unidades de acolhimento e Centro de Atenção Psicossocial (CAPs) 24 horas, além de gestantes no pré-natal com sintomas de síndrome gripais. Pacientes no pré-operatório de cirurgias eletivas e de cirurgias oncológicas também faziam parte do grupo prioritário. Nesses casos, não é necessário ter sintomas de gripe.

Detentos do sistema prisional sintomáticos e seus contatos também com sintomas também já eram contemplados com a prioridade, assim como os idosos e os trabalhadores sintomáticos, além dos contatos próximos, que moram e atuam em instituições de longa permanência para a população a partir dos 60 anos. Agora, não há restrição para a marcação do exame, que pode ser agendado pelo Atende em Casa - ferramenta disponível para smartphones Android e pela internet - ou na rede de saúde de referência, diretamente com os municípios.

"Serão disponibilizados para os pernambucanos que estejam com sintomas de síndrome gripal, mesmo leve, tanto exame do tipo RT-PCR (swab nasofaríngeo) para casos em que os sintomas decorrem há sete dias e também o teste rápido para aqueles que estejam há mais de sete dias do início dos sintomas e, obviamente, até 72 horas após o fim desses sintomas. Junto com o isolamento social, massificar a testagem para diagnóstico da Covid-19 tem se mostrado uma forma importante para controlar a doença e uma maneira eficaz de monitorar a evolução da transmissão", afirmou André Longo.

O secretário estadual de Saúde ressaltou ainda que a ampliação da testagem ajuda na tomada de decisão e dá segurança para os próximos passos de retomada de atividades. "Num primeiro momento, diante do número limitado de testes disponíveis em todo o Brasil, seguimos uma estratégia que foi cumprida com sucesso, de forma absolutamente transparente, de testar 100% dos óbitos suspeitos e também todos os casos graves que procuravam os nossos serviços de saúde", pontuou.

André Longo esclareceu que essas testagens continuarão sendo feitas. "A forte redução dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) nos permitiu ampliar a testagem dos casos leves, então é esse passo que estamos dando agora. Primeiro, nós ampliamos para todos os serviços essenciais e, agora, queremos dar mais esse passo para os demais grupos", explicou. "Pretendemos identificar com mais eficiência as pessoas com o vírus, realizando o isolamento para que não haja a transmissão da doença", completou.   

O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, avaliou o anúncio do governo estadual como "um grande passo". Segundo ele, "isso certamente vai dar munição de dados para decisão dos municípios também no enfrentamento à Covid-19". Na capital pernambucana, foram confirmados, nas últimas 24 horas, 120 novos registros da doença, sendo 97 casos leves e 23 casos considerados graves. Agora, o Recife totaliza 23.194 casos. Também foram confirmadas 11 novas mortes na capital, de pessoas entre 60 e 77 anos, elevando a quantidade de óbitos para 1.985. Além disso, a cidade tem 19.330 pacientes curados.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Vacina: 5,7 bilhões de doses já foram compradas no mundo
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
12/08 - Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Bolsonaro: incêndios na Amazônia são mentira
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco