Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

CINEMA

Coletivos de audiovisual fazem campanha contra Covid-19 em comunidades da RMR

Publicado em: 02/06/2020 17:25 | Atualizado em: 02/06/2020 20:53

Um dos coletivos envolvidos no projeto é o Angola Filmes. (Foto: Divulgação)
Um dos coletivos envolvidos no projeto é o Angola Filmes. (Foto: Divulgação)
 
O projeto intitulado "Periferia Comunica Periferia" está sendo feito por quatro coletivos de audiovisual da RMR, que tem como intenção produzir e distribuir conteúdos de comunicação sobre o cuidado, prevenção e conscientização da Covid-19 em bairros periféricos da Região Metropolitana do Recife. Todo o material produzido nesta campanha será desenvolvido por produtoras independentes de audiovisual assentadas nas comunidades de Ouro Preto (Olinda), Paratibe (Paulista), Afogados (Recife) e Iputinga (Recife). As contribuições estão na podem ser feitas através da Benfeitoria.

Com o financiamento coletivo através do Fundo em Frente no qual a cada R$ 1 doado, mais R$ 2 é adicionado pela Benfeitoria.com, a campanha "Periferia Comunica Periferia" tem cinco metas no total. A cada meta atingida os coletivos produzirão mais materiais informativos desde artes gráficas até produtos audiovisual. Atingindo a última e quinta meta, além de aumentar a produção, também será possível agregar mais parceiros e expandir a distribuição desse material.
 
O projeto tem, também, como intuito desenvolver a plataforma digital audiovisual.ong, que visa conectar em rede as produtoras audiovisuais independentes da Mesorregião Metropolitana do Recife, potencializando o setor audiovisual pernambucano. A plataforma tem o objetivo de facilitar o intercâmbio profissional entre coletivos independentes e produtoras, com a troca de informações, de serviços e de conteúdos audiovisual. O desenvolvimento e implementação da plataforma audiovisual.ong é financiada através do edital público do Funcultura Audiovsual 2017/2018 da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

Coletivos
Entre os coletivos que fazem parte da ação está a Angola Filmes. A produtora, da cidade de Paulista, é responsável por documentar e registrar diversos segmentos e expressões da cultura popular, periférica, religiosa, afro e indígena. Também faz parte da ação o Coletivo Caverna, do bairro de Ouro Preto na cidade de Olinda/PE, que tem seu enfoque em produções originais que refletem sobre a existência humana. O coletivo apresenta temas locais abordando-os de forma contemporânea.
 
Outro idealizador é a Maguecrew, que vem trabalhando com comunicação popular através de audiovisual, graffiti e agroecologia, trazendo informação e sustentabilidade para as periferias em que atua, como forma de promover o protagonismo comunitário. O coletivo está construindo sua sede na Ocupação Vila Sul, em Afogados. Por fim, também participa da ação o Coletivo Roda Fita surgiu em 2008 no bairro de Iputinga na cidade do Recife/ PE. A partir da carência, esquecimento e do abandono do local, alguns jovens bolaram uma forma de difundir novos pensares com fanzines, panfletos informativos e audiovisual, disponibilizando informações sobre identidades, culturas e valores de afirmação de onde vivem.
 
Confira o vídeo da campanha: 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Notícias de 14/07: Quiosques e banho de mar liberados, testagem ampliada e Sarí denunciada à Justiça
Reino Unido exclui gigante chinesa de sua rede 5G
Estados Unidos vão realizar primeiras execuções federais em 17 anos
Ao vivo com Pedro Guimarães : Auxílio Emergencial e FGTS
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco