CTTU Trânsito muda no cruzamento das avenidas Mario Melo e Cruz Cabugá a partir deste sábado

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/08/2019 08:00 Atualizado em:

Foto: Arquivo/DP. (Foto: Arquivo/DP.)
Foto: Arquivo/DP.
A partir deste sábado (17), serão eliminados os giros à esquerda, antes permitidos aos condutores que vinham da Avenida Mario Melo com setido à Rua do Hospício e o da Avenida Cruz Cabugá para a Avenida Mario Melo, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), as medidas tem como objetivo diminuir o movimento dos veículos no cruzamento e garantir a segurança viária, além de melhorar a fluidez da Avenida Cruz Cabugá, que é um importante corredor para o transporte público.

O projeto consiste na eliminação do movimento à esquerda do condutor que segue na Avenida Mario Melo, sentido Rua dos Palmares, com intenção de acessar a Rua do Hospício. Com a mudança, o condutor deverá passar pelo cruzamento, girar à direita na Rua Coelho Leite e novamente à direita na Avenida da Saudade para, então, acessar a Avenida Cruz Cabugá em direção à Rua do Hospício.

Também será eliminado o giro à esquerda para o condutor que segue na Avenida Cruz Cabugá e deseja seguir para Avenida Mario Melo em direção à Rua da Aurora. Dessa forma, o condutor que trafega na Avenida Cruz Cabugá e deseja acessar a Avenida Mario Melo para seguir em direção à Rua da Aurora deverá passar pelo cruzamento, girar à direita na Avenida Visconde Suassuna e novamente à direita na Rua Gervásio Pires, que passa a ser mão dupla nesse trecho.

Para regulamentar a nova circulação, será implantada e requalificada toda a sinalização horizontal e vertical. Além disso, equipes de agentes e orientadores serão destacados para o local com o intuito de auxiliar pedestres e condutores durante os primeiros dias da implantação. Desde o início de 2013, já foram implantadas cerca de 145 intervenções no trânsito do Recife.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.