Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

RESPEITO

Tiago Abravanel posta vídeo respondendo comentário homofóbico da tia

Publicado em: 02/06/2021 11:50

Os comentários feriram muitas pessoas que comemoram neste mês de junho o Orgulho LGBT (Foto: Instagram/Reprodução)
Os comentários feriram muitas pessoas que comemoram neste mês de junho o Orgulho LGBT (Foto: Instagram/Reprodução)
"Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar que eu sou". Essa foi uma das frases de Tiago Abravanel em vídeo de mais de 7 minutos publicado no perfil dele no Instagram. A fala era direcionada à tia dele, Patrícia Abravanel, que fez comentários homofóbicos no programa Vem pra cá, do SBT.
 
O ator e cantor começa contextualizando, dizendo que Patrícia havia comentado no programa um vídeo compartilhado por Caio Castro e Rafa Kalliman em que um pastor dizia que não concordava, mas respeitava o casamento homoafetivo.

"Eu resolvi fazer esse vídeo porque, assim como ela falou ao vivo o que ela pensa na TV, eu vou falar o que penso nas minhas redes. Quero falar para você, tia, o como eu me senti assistindo", começa Tiago.

"Em primeiro lugar, orientação sexual não é uma questão de opinião, é de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou. E ponto final. Você opina se uma roupa é bonita ou feia, se você quer café ou chá. A orientação sexual do outro não é de opinião de ninguém. Quando se opina com relação a isso, esse é um ato homofóbico", completou.
 
Confira a postagem do ator:
 
 
Tiago também criticou Patrícia por ter falado que o movimento LGBTQIA+ tem que ser mais tolerante com algum erro. "Não é uma questão de tolerância, de calma porque as pessoas morrem por causa disso (da homofobia) e é uma coisa muito séria. Quando um casal de gays está na avenida Paulista e leva uma lampadada na cabeça não dá tempo de explicar para o cara que está com a lâmpada na mão que tem direito de namorar ali", comentou.

Outro ponto levantado tanto por Patrícia como pelo pastor do vídeo é que a educação deles é diferente da que hoje as crianças e jovens têm. "Não é questão de ter uma educação contemporânea. A gente está em 2021, não dá mais tempo de esperar. Se tem alguém que precisa aprender, essa pessoa precisa correr atrás de aprender. Não é a gente que tem que correr atrás de ensinar", respondeu.

Para finalizar, Tiago disse que Patrícia poderia ligar para ele se quisesse ou se tivesse alguma dúvida e ressaltou: "Você como apresentadora tem essa responsabilidade e você como cidadã tem essa obrigação (de procurar entender)".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Protesto em Brasília acaba com conflito entre indígenas e policiais
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras, Sérvio Fidney e Marcel Costi
Vacina contra a Covid-19 criada em Cuba tem eficácia de 92%
Pontos fundamentais para fazer uma transição de carreira
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco