Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

INVESTIGAÇÃO

Laudo reforça tese de erro médico na morte da influenciadora pernambucana Liliane Amorim

Publicado em: 04/02/2021 10:08 | Atualizado em: 04/02/2021 13:10

 (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Reprodução/Instagram

A tese de que a influenciadora pernambucana Liliane Amorim morreu após erro médico ganhou força com o resultado do laudo médico do IML. Segundo reportagem do site UOL, o documento indica que as causas da morte de Liliane, em 24 de janeiro, foram perfurações no intestino.

Ainda segundo o site, o laudo não afirma que as perfurações foram feitas durante o procedimento de lipoaspiração, pelo qual Liliane passou 16 dias antes de morrer. "O laudo pericial veio corroborar com a tese de que houve erro médico", diz a advogada da família de Liliane, Débora Helen Santos. "Foi decorrente do erro médico durante a lipoaspiração, em que houve perfuração do intestino dela", defende.

O inquérito que investiga a morte de Liliane Amorim foi aberto. Testemunhas foram ouvidas e o médico responsável pela lipoaspiração, Benjamim Alencar, deve prestar depoimento também. Além desse inquérito, a família de Liliane estuda processar o médico por danos morais. O médico Benjamim Alencar não quis falar com o UOL.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
De 1 a 5: saiba qual é seu perfil profissional e como tirar o máximo proveito dele
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/03
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco