Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

CARNAVAL

Cais do Sertão dedica o mês de fevereiro ao centenário de Zé Dantas

Publicado em: 11/02/2021 15:50

Zé Dantas, homenageado da programação, e Luiz Gonzaga (Foto: Divulgação)
Zé Dantas, homenageado da programação, e Luiz Gonzaga (Foto: Divulgação)

Durante todo o mês de fevereiro, o Centro Cultural Cais do Sertão se debruça na vida e obra do compositor e poeta pernambucano Zé Dantas. O artista, que completaria cem 100 anos neste 2021, tem legado exaltado em playlists temática, debates, bate-papos e vídeos interativos no perfil do Instagram do museu. Os internautas e admiradores do espaço podem acessar todo o acervo gratuitamente nas redes sociais do Cais.

A programação especial foi formatada a partir de pesquisas e roteirização de todos os educadores do Cais do Sertão. O legado de Zé Dantas é lembrado em vídeos curtos, interativos e de linguagem acessível, sobre a história, a relação do artista com a família, o encontro com Luiz Gonzaga e a morte. Os vídeos são apresentados pelos educadores Diogo do Monte, Viviane Sampaio, Thalita Mesquita e Laís Vilar. Os conteúdos audiovisuais serão publicados sempre às sextas-feiras, no perfil do Instagram do museu.

"Zé Dantas foi um parceiro decisivo na trajetória musical de Luiz Gonzaga. É um compositor que fala muito à alma do nordestino, do sertanejo, e autor de vários sucessos. Nada mais justo que o Cais marcar o seu centenário dedicando um mês de atividades. É uma ótima forma de fazer chegar todo este rico legado também às novas gerações, que não acompanharam a trajetória do artista em vida", destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

A gestora do Cais, Maria Rosa Maia, salienta a homenagem prestada a Zé Dantas como uma maneira de reafirmar o compromisso do centro cultural de ser um espaço que acolhe a multiplicidade artística do Estado. “O Cais é a casa de todos os pernambucanos. O nosso acervo contempla a odisseia sertaneja e o legado de Luiz Gonzaga, mas também de todo o artista que eleva a arte em nosso Estado”, pontua.

Um dos momentos mais esperados do mês será o bate-papo com o compositor e doutor em música pela Unirio Climério de Oliveira. Ele comentará, na faixa semanal Conexão Cais, um pouco das histórias relacionadas às canções compostas por Zé Dantas. Será transmitido, ao vivo, na próxima quarta-feira (17), às 17h, sob mediação do educador Sandro Santos.

SERVIÇO
O Cais do Sertão O Cais do Sertão opera nos seguintes horários: quintas e sextas-feiras, das 10h às 16h; e sábados e domingos, 11h às 17h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
De 1 a 5: saiba qual é seu perfil profissional e como tirar o máximo proveito dele
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/03
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco