Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

LUTO

Cineasta Cadu Barcellos é assassinado no Rio de Janeiro

Publicado em: 11/11/2020 08:57

 (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Reprodução/Instagram

 

O cineasta Cadu Barcellos foi assassinado a facadas na madrugada desta quarta-feira (11), no Rio de Janeiro. Cadu tinha 34 anos e deixa um filho de 2 anos, além da esposa. Atualmente, era assistente de direção no Porta dos Fundos e no programa Greg News, na HBO.

 

Segundo o site G1, o cineasta foi atacado no centro do Rio, na Avenida Presidente Vargas, por volta das 3h30. Cadu chegou a pedir socorro, mas não foi ouvido, caminhou alguns metros e caiu, já sem vida.

 

Obra

Cadu Barcellos foi um dos diretores do longa documental Cinco vezes favela – Agora por nós mesmos (2010), que chegou a participar da seleção oficial do Festival de Cannes. O filme é dividido em espécies de episódios. A Cadu coube o intitulado Deixa voar. A pegada social do trabalho de Cadu também aparece na série Mais x favela (2011), do Multishow, e o documentário 5x pacificação (2012).

 

Nas redes sociais, seguidores lamentaram a morte de Cadu comentando na última postagem dele. Nas mensagens, pedidos de Justiça e por paz dividiram espaço com desejos de que o cineasta descanse em paz. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: repercussão das eleições, gastos parlamentares e receio de novo lockdown
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 04/12
Entrevista com o governador Paulo Câmara
Um milhão de doses da CoronaVac chegam em São Paulo
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco