Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

FUTEBOL

Seleção Brasileira é tema da primeira série nacional da Amazon

Publicado em: 01/02/2020 12:42

Os bastidores da campanha da Seleção Brasileira que venceu a Copa América em 2019 são o tema de Tudo ou nada, série documental que a Amazon Prime Video lançada nessa sexta-feira (Foto: Amazon/Divulgação)
Os bastidores da campanha da Seleção Brasileira que venceu a Copa América em 2019 são o tema de Tudo ou nada, série documental que a Amazon Prime Video lançada nessa sexta-feira (Foto: Amazon/Divulgação)
Em épocas passadas, a Seleção Brasileira já teve momentos de glamour e encantamentos futebolísticos dignos da arte. Porém, nos últimos anos, a trajetória do time estava mais para um filme de terror, com seguidos fracassos nas principais competições que disputava.

Em 2019, pressionados após outra eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo – para a Bélgica, no ano anterior –, Tite e seus comandados reencontraram os torcedores na Copa América, disputada no país. Além da redenção dentro de campo, a conquista da taça foi também o material para a primeira série em português da Amazon Prime Video, a produção documental Tudo ou nada: Seleção Brasileira, focada nos bastidores da campanha. A série estreou nessa sexta (31).

Interessada em atrair mais assinantes do Brasil para o seu serviço de streaming, a Amazon aposta em um dos elementos mais marcantes do imaginário popular nacional com essa série dirigida por Felipe Briso.
No entanto, o produto é parte de um projeto internacional chamado All or nothing (Tudo ou nada), dedicado a documentar bastidores de histórias esportivas. O projeto já rendeu séries sobre o time inglês Manchester City, a seleção de rúgbi da Nova Zelândia e alguns times de futebol americano, todos em uma temporada ou competição específica, sempre em episódios de 50 minutos cada um. Essas produções também estão no catálogo da Amazon.

A história da Seleção Canarinho oferece bons elementos para uma narrativa audiovisual contada em cinco capítulos. Primeiro, pelas incertezas e críticas que cercavam o time, às vésperas da preparação. Depois, pelo corte do principal astro do time, Neymar, que se lesionou pouco antes da competição. Em seguida, pela superação das desconfianças até a conquista da taça, no Maracanã, depois de 12 anos de jejum no torneio.

Protagonista
Tudo isso é mostrado por um ângulo que vai além do que se viu nos noticiários e nos estádios, com gravações internas, cenas nos vestiários e nas concentrações, filmagens das preleções e depoimentos inéditos de atletas e comissão técnica. Nesse contexto, a trama ganha um grande protagonista, o técnico Tite e sua conhecida desenvoltura verbal diante das câmeras, com os populares Daniel Alves, Gabriel Jesus e Fernandinho como bons coadjuvantes.

Além disso, com o uso de drones, a montagem exibe ainda belas imagens das cidades-sede, inclusive Belo Horizonte, onde a equipe se classificou para a decisão ao eliminar a Argentina de Lionel Messi na semifinal.

Depoimentos de jornalistas como Paulo Vinícius Coelho, o PVC, e Arnaldo Ribeiro ajudam a remontar o cenário, no qual as lembranças do 7 a 1 sofrido na capital mineira, cinco anos antes, contra a Alemanha, atormentavam o time. No quarto episódio, é possível ver como Tite conduziu alguns treinamentos e palestras motivacionais nesse sentido e como ele orientou os brasileiros para neutralizar Messi – com êxito. Detalhes que escapam à cobertura jornalística que o público é acostumado a acompanhar.

Nos próximos meses, a língua portuguesa deve ter uma presença mais forte no catálogo da Amazon. Depois de Tudo ou nada: Seleção Brasileira, a próxima série nacional prevista para estrear na plataforma é o reality show Soltos em Floripa, já pronta, mas ainda sem data confirmada. Os episódios acompanham a vida de jovens compartilhando uma casa na capital catarinense.

Depois, a perspectiva é que o drama Dom chegue às telas, contando uma história baseada na trajetória de Pedro Machado Lomba Neto, mais conhecido como Pedro Dom (1981-2005). Ele foi um viciado em drogas de classe média alta que chefiou uma quadrilha especializada em assaltar edifícios de luxo no Rio de Janeiro nos anos 1990. A produção ainda está em fase de desenvolvimento.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Candidatos têm características das mais distintas, mas estão longe de representar os grupos sociais
Resumo da semana: 5 anos do surto de microcefalia, Covid suspende aulas e nova pesquisa no Recife
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #289 - Colênquima e esclerênquima
Rhaldney Santos entrevista Dra. Larissa Ventura, oftalmopediatra
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco