Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

SACERDOTE

Padre Marcelo Rossi terá podcast para se aproximar novamente do público jovem

Por: FolhaPress

Publicado em: 12/01/2020 12:23

 (Foto: Teresa Maia/Arquivo DP)
Foto: Teresa Maia/Arquivo DP
De olho no público jovem, padre Marcelo Rossi, 52, pretende lançar ainda no início deste ano o podcast A Fé se Transmite. Desenvolvido em parceria com a gravadora Sony, a proposta é que o sacerdote grave programas semanais, de cerca de meia hora de duração cada um, no qual vai abordar temas específicos.

"Posso em uma semana, por exemplo, falar sobre maus pensamentos. Uma ideia é dividir em cinco subtemas, de cinco minutos cada um, e a pessoa pode ouvir tudo junto ou separado", diz ele, em entrevista a reportagem. 

O projeto faz parte dos planos do padre de usar novas mídias para conseguir dialogar com as pessoas e, principalmente, com os mais jovens. Na visão do sacerdote, os adolescentes estão perdidos com tanta informação disponível na internet.

"O meu objetivo é criar igrejas no coração das pessoas, levar as pessoas a terem essa intimidade com Cristo. Para isso, eu tenho que dar o testemunho, eu tenho que viver isso [...] E hoje não há modo mais fácil que a internet e as redes sociais."

Segundo ele, ao mesmo tempo em a internet colabora com a propagação de informações relevantes, ela também pode acabar com reputações e vidas. "Qualquer coisa que você fizer de errado hoje, você está sendo filmado. Qualquer coisa que acontece na Conchichina, todo mundo fica sabendo. É um mundo diferente", analisa.

Por isso, Rossi reforça a importância de se buscar o novo e "ir de encontro ao jovem". Caminho semelhante foi adotado por ele no fim dos anos 1990, quando se tornou famoso nacionalmente ao participar de programas de TV populares cantando músicas como "Erguei as Mãos", que logo se tornou um grande hit. 

O sacerdote não abandonou as canções -ele acaba de lançar o EP "Maria Passa à Frente", com seis músicas- mas sabe que para falar com os mais novos precisa estar presente no Facebook, Instagram e no YouTube, redes que são constantemente atualizadas por ele e sua equipe. 

"Na linguagem de hoje, quem não se atualiza, não vai conseguir conversar com o outro", afirma Rossi, em referência ao famoso bordão de Chacrinha "quem não se comunica, se trumbica". 

Além do podcast, da música e de uma presença cada vez maior nas redes sociais, o padre se mantém nas mídias tradicionais também. Em 2019, depois de 17 anos na rádio Globo, onde apresentava o programa Momento de Fé, ele mudou de emissora. Foi para a rádio Capital e passou a comandar a atração No Colo de Jesus e Maria, de segunda a sábado, das 8h às 9h.       

Rossi ainda planeja escrever um livro em 2020 sobre a experiência de ter sido empurrado por uma mulher durante uma missa em Cachoeira Paulista (a 212 km de São Paulo). Para o padre, foi um milagre o fato de não ter acontecido nada de grave com ele, apesar da queda de quase dois metros de altura.

Aliás, todo esse entusiasmo para fazer o podcast, lançar novas músicas e iniciar projetos, o sacerdote afirma que surgiu depois do "bendito empurrão".  "Está vendo, uma coisa que poderia ser a minha morte, se tornou para mim uma forma de motivação. Eu só posso agradecer." 

No dia 1º de dezembro, Rossi completou 25 anos de sacerdócio, mas para ele é como se estivesse começando agora. O pároco disse sentir uma nova disposição e um novo sentido de vida depois do empurrão. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Polícia Federal apreende drogas enviadas por encomenda
02/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
A pandemia em Pernambuco  destaques de 01/06
01/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco