Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

JANELA

12º Janela de Cinema encerra último dia com premiação. Confira os vencedores

Publicado em: 11/11/2019 12:20 | Atualizado em: 11/11/2019 13:13

 (Prêmio João Carlos Sampaio foi vencido pelo curta-metragem alagoano Ilhas de Calor. Foto: Victor Jucá/Divulgação)
Prêmio João Carlos Sampaio foi vencido pelo curta-metragem alagoano Ilhas de Calor. Foto: Victor Jucá/Divulgação
Chegando ao fim de sua 12º edição, o Janela Internacional do Recife encerrou mais um ano bem-sucedido na noite no último domingo (10), no Cinema São Luiz. O último dia do festival contou com a exibição do clássico Tudo sobre minha mãe (1999), de Pedro Almodóvar, além das premiações, que tiveram como grande vencedor da Mostra Competitiva de Longas-metragens o filme A Febre, dirigido por Maya Da-Rin.

Entre os destaques e premiados desta edição está o curta Sete Anos em Maio, de Affonso Uchôa, que além de ganhar o prêmio de Melhor Curta Nacional pelo Janela, foi contemplado com o prêmio do Canal Brasil, que adquire o filme por 15 mil reais e o exibe durante 5 anos no canal. O curta se baseia no relato, quase um monólogo, de Rafael dos Santos, um jovem negro de periferia em Minas Gerais. Destaque para as duas prêmiações de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca pelo curta internacional Rise. Outra produção em destaque, que levou o prêmio João Carlos Sampaio, foi o curta alagoano Ilhas de Calor, de Ulisses Arthur. 

Confira a lista completa de vencedores:

PRÊMIO DO JÚRI
Helen Beltrame-Linné, Letícia Simões, Samuel Paiva
CURTAS INTERNACIONAIS
IMAGEM:
Resista Num Pálido Ponto Azul (Linger On Some Pale Blue Dot), Alexandre Koberidze (Alemanha/Israel, 2018, 28')
MONTAGEM:
Resista Num Pálido Ponto Azul (Linger On Some Pale Blue Dot), Alexandre Koberidze (Alemanha/Israel, 2018, 28')
SOM:
Past Perfect, Jorge Jácome (Portugal, 2019, 23') 
MELHOR FILME:
Rise, Bárbara Wagner, Benjamin de Burca (Brasil/Canadá/EUA, 2019, 20')
CURTAS BRASILEIROS:
IMAGEM:
Quebramar, Cris Lyra (SP, 2019, 27')
SOM:
Thinya, Lia Letícia (PE, 2019, 15')
MONTAGEM:
Thinya, Lia Letícia (PE, 2019, 15’)
MELHOR FILME:
Sete Anos em Maio, Affonso Uchôa (MG, 2019, 42')
MENÇÃO HONROSA:
Looping, Maick Hannder (MG, 2019, 12')
LONGAS-METRAGENS:
IMAGEM:
Noite Passada Te Vi Sorrindo (Last Night I Saw You Smiling), Kavich Neang (Camboja/França, 2019)
MONTAGEM:
Koko-di Koko-da, Johannes Nyholm (Suécia/Dinamarca, 2019)
SOM:
A Febre, Maya Da-Rin (Brasil/França/Alemanha, 2019)
MELHOR FILME:
A Febre, Maya Da-Rin (Brasil/França/Alemanha, 2019)
PRÊMIO CANAL BRASIL
MELHOR CURTA:
Sete Anos em Maio, Affonso Uchôa (MG, 2019, 42')
PRÊMIO JANELA CRÍTICA
MELHOR CURTA NACIONAL:
Para Todas as Moças, Castiel Vitorino Brasileiro (ES, 2019, 3')
MENÇÃO HONROSA:
Sete Anos em Maio, Affonso Uchôa (MG, 2019, 42')
MELHOR CURTA INTERNACIONAL:
Rise, Bárbara Wagner e Benjamin de Burca (Brasil/Canadá/EUA, 2019, 20')
MENÇÃO HONROSA:
Electric Swan, Konstantina Kotzamani (Argentina/Grécia/França, 2019, 40')
MELHOR LONGA-METRAGEM:
So Pretty, Jessie Jeffrey Dunn Rovinelli (EUA/França, 2019)
MENÇÃO HONROSA:
Um Filme de Verão, Jo Serfaty (Brasil, 2019)
PRÊMIO JOÃO CARLOS SAMPAIO:
Ilhas de Calor, Ulisses Arthur (AL, 2019, 20’)
PRÊMIO ABD-PE/APECI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DOCUMENTARISTAS E CURTA METRAGISTAS / ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DE CINEASTAS
MENÇÃO HONROSA:
Sete Anos em Maio, Affonso Uchôa (MG, 2019, 42’)
MENÇÃO HONROSA:
Looping, Maick Hannder (MG, 2019, 12’)
MENÇÃO HONROSA:
Ilhas de Calor, Ulisses Arthur (AL, 2019, 20’)
MELHOR FILME:
Para Todas as Moças, Castiel Vitorino Brasileiro (ES, 2019, 3’)
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Grupo Diario de Pernambuco