Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver

Festival Canavial

Zona da Mata recebe programação diversa do Festival Canavial Artes Cênicas. Confira

Publicado em: 21/10/2019 11:34

Apresentação da peça O menino que virou história. Foto: Divulgação
A 13ª edição do Festival Canavial, que este ano será chamado de Festival Canavial Artes Cênicas, será realizada em Goiana da segunda-feira (4) até o domingo (10) de novembro, no Cine-Teatro Polytheama e em dez escolas públicas municipais. O evento conta conta com uma grade de atividades diversificada, que reúne exposição, teatro, dança, oficina, teatro de bonecos e contação de histórias. O festival promove atividades nos turnos da manhã, tarde e noite, gratuitamente.

“A Zona da Mata Norte há muito tempo necessita de um festival para mostrar sua produção teatral no campo da cênica convencional, contemporânea e/ou popular. Somos a região dos grupos de Cavalo Marinho. As ideias de Alexandre Veloso, que faz parte do Movimento Canavial, juntamente com Felipe Andrade e Cleiton Santiago, que é um batalhador do teatro pernambucano, se alinharam perfeitamente com os anseios do Movimento Canavial” ressalta Afonso Oliveira, idealizador e coordenador do Movimento Canavial.

O Festival Canavial Artes Cênicas 2019, investe na interação com crianças de escolas públicas, para que tenham oportunidade de estarem em contato com as artes, por meios das oficinas de teatro e dança. Na ocasião, o público vai poder prestigiar apresentações culturais voltado às Artes Cênicas de várias cidades pernambucanas, como Gravatá, Recife, Aliança, Condado, Vitória de Santo Antão, Itambé e Limoeiro e também de João Pessoa - Paraíba. O artista e mamulengueiro Chico Simões, de Brasília (DF), também será uma das atrações convidadas do festival. A estimativa do evento é reunir cerca de cem pessoas, entre artistas, profissionais, produtores e acadêmicos ligados às artes cênicas.

Nesta edição, o festival homenageia o artista plástico e ceramista, Zé do Carmo, natural de Goiana, que faleceu aos 85 anos de idade, em abril deste ano. Patrimônio Vivo de Pernambuco, Zé do Carmo, se destacou pelas peças em barro que representavam personagens do imaginário nordestino. Além disso, ocupou lugar de destaque como dramaturgo e diretor teatral, escrevendo vários trabalhos.  Destaque para criação do "Auto de Natal do Vovô Natalino", que criticava a tradição do Papai Noel boreal, que chamou a atenção do sociólogo Gilberto Freyre e se tornou um artigo publicado Diário de Pernambuco, intitulado "Meu Caro do Carmo", em 1983.

Serviço
Festival Canavial Artes Cênicas 
Quando: Segunda-feira (04) até domingo (10) de novembro
Onde: Cine-Teatro Polytheama e em cerca de dez Escolas Municipais
Quanto: Gratuito
 
Confira a programação completa:
Segunda-feira (4): 
10h – Oficina de Teatro para Crianças (07 a 10 anos)
15h – Cavalo Marinho Estrela do Amanhã (Condado/PE)
19h – Abertura da Exposição: O Mundo Cênico de Zé do Carmo
20h – Como Salvar um Casamento (Teatro Adulto)
 
Terça-feira (5):
10h – Oficina de Teatro para Crianças (07 a 10 anos)
15h – Cavalo Marinho Mestre Batista (Aliança/PE)
20h – Show Opinião de Novo (Teatro/Música Adulto)

Quarta-feira (6):
10h – Oficina de Teatro para Crianças (07 a 10 anos)
Cia Deu Babau (Goiana/PE)
15h – Gotinhas de Chuva - Contação de História
20h – Ebulição (Dança/Adulto)
 
Quinta-feira (7):
10h – Oficina de Teatro para Crianças (07 a 10 anos)
15h – Caboclinho União 7 Flexas (Goiana/PE)
20h – Para sempre Teresina (Teatro Adulto)

Sexta-feira (8):
10h – Oficina de Teatro para Crianças (07 a 10 anos)
15h – Teatro de Bonecos
20h – A Feira de Gonzaga (Teatro Adulto)
 
Sábado (9):
10h – Oficina de Dança Contemporânea
20h – O Perú do Cão Coxo (Teatro Adulto)
 
Domingo (10):
15h às 16h30 - Magico, Malabarista, Perna de Pau
15h às 16h30 - Pipoca e Algodão Doce (Grátis)
16h30 - Teatro Infantil

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Filas e aglomeração em frente a agências bancárias
A pandemia em Pernambuco -  destaques de 31 de Março
Boas iniciativas para praticar a solidariedade na quarentena
O cotidiano em Areias, bairro do Recife com a primeira morte por coronavírus no Nordeste
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco