concurso Técnica de enfermagem capixaba vence Miss Brasil Mundo 2019

Por: Folha Press

Publicado em: 04/09/2019 08:23 Atualizado em:

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
A representante do Espírito Santo, Elis Miele, 20, foi eleita na noite desta terça-feira (3) a Miss Brasil Mundo 2019. "Primeiramente quero agradecer a Deus por essa oportunidade. É uma honra para mim poder representar o nosso país e ter sido escolhida entre tantas meninas para levar o sonho delas ao Miss Mundo", disse a vencedora com exclusividade à reportagem, logo após a conquista. 

É a segunda vez que o estado leva a coroa para casa -a primeira foi em 1996, com Anuska Prado. Em segundo lugar ficou a Miss Caminhos dos Príncipes (SC), Fernanda Souza, 24, seguida pela Miss Rio Grande do Sul, Jéssica Lírio, 26, em terceiro.

Com as duas finalistas no palco, os votos dos jurados foram lidos um a um. Quem teve a maioria foi a capixaba, devidamente coroada pela antecessora, a piauiense Jéssica Carvalho, 23. 

A beldade, que é técnica de enfermagem e modelo, já tem dois compromissos na agenda. O mais importante é a disputa do Miss Mundo 2019, que acontece em 14 de dezembro em Londres, no Reino Unido. Ela também vai acompanhar na noite desta quarta (4), a final do Mister Brasil CNB 2019, versão masculina do Miss Brasil Mundo.

A segunda colocada ficou com o título de Miss Supranational Brasil e concorrerá na etapa internacional na Polônia, em 6 de dezembro. Completaram ainda o top 5 as misses Santa Catarina, Elizama Aguilar, 23, e Fernando de Noronha, Iully Thaisa, 25.

No top 10 também estavam as misses Paraná, São Paulo, Brasília, Bahia e Araguaia do Pará. 
No Miss Brasil Mundo, além das unidades de federação, as misses também podem representar regiões turísticas brasileiras. Isso explica o total de 42 candidatas da competição, que ocorreu em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha.

Desde 2015, não há desfile em traje de banho no certame. Fizeram parte das provas preliminares valendo pontos classificatórios a competição top model, desfile em traje de gala e entrevista com os jurados. Nas semanas que precederam o evento, todas as postulantes apresentaram ainda projetos sociais dos quais participaram ou criaram, na etapa intitulada "Beleza Pelo Bem".
 
Além da faixa e a preparação para o Miss Mundo, Miele ganhou uma bolsa de estudos para pós-graduação e a coroa, avaliada em cerca de R$ 15.000 e criada pelo designer de joias Tiago Seixas. Ela também se torna agora embaixadora da luta contra a hanseníase no país e atuará em um projeto relacionado ao câncer de mama.

O Miss Mundo é um dos principais concursos de beleza do planeta. Comandado pela Miss World Organisation, que também realiza o Mister World, ele faz parte do chamado "grand slam da beleza", onde estão também o Miss Universo, o Miss Supranational, o Miss Grand International e o Miss International.

A única brasileira a vencer o concurso foi a médica carioca Lúcia Petterle, 70, em 1971.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.