Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

festival

Seal fecha dia black no Rock in Rio com hits de Stevie Wonder e David Bowie

Por: FolhaPress

Publicado em: 28/09/2019 07:22

Foto: Daniel Ramalho/AFP
Seal fechou a programação oficial do palco Sunset, nesta sexta-feira (27), primeiro dia do Rock in Rio 2019. Quando apareceu no cenário uma leve garoa começava a cair sobre o público na Cidade do Rock, montada no Parque Olímpico (zona oeste do Rio). E ele gosta de interagir com o público. Mesmo com a chuva apertando, ele foi até a barreira que o separava do fãs e cantou ali, cumprimentando todos durante "Person in the Mirror". O ato se repetiu em "Love's Divine".

O cantor inglês teve uma participação especial. Ele convidou a baiana Xenia França para cantar "Higher Ground", de Stevie Wonder, e "Future Love Paradise". Ela entrou de surpresa enquanto Seal já esboçava o primeiro hit –e fizeram um belo dueto. O público ainda pôde assistir ao cantor inglês entoar dois de seus maiores sucessos, "Kiss From a Rose" e "Crazy", além de uma versão de "Rebel, Rebel", de David Bowie, para finalizar a apresentação.

No trecho final o som parou, mas Seal continuou incentivando a cantar e acompanhá-lo. Foi a segunda passagem da estrela britânica pelo Rock in Rio. Em 2015, Seal foi escalado no palco Mundo, antecedendo Elton John e Rod Stewart. "É bom vê-los de novo." Além das parcerias, já tradicionais no palco Sunset, o primeiro dia desta edição teve um lineup só com artistas negros. Antes de Seal, Mano Brown subiu ao palco e ainda recebeu a lenda americana Bootsy Collins.

Mais cedo Karol Conka fez uma parceria com Linn da Quebrada e Gloria Groove, enquanto a abertura do espaço ficou sob a responsabilidade da carioca Lellê e da luso-brasileira Blaya. O Rock in Rio continua neste fim de semana –sábado (28) e domingo (29)– e volta na quinta (3), com fim no domingo (6) na Cidade do Rock, montada no Parque Olímpico (zona oeste do Rio).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Jogos Inesquecíveis: Um mundão para chamar de meu
De 1 a 5: Alterações do olfato, perda auditiva e Covid-19
01/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Arlison Vilas Bôas, um artista inventor e os desafios da pandemia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco