'Eu não estava saudável' Renée Zellweger diz que depressão a afastou da atuação por cinco anos

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 04/09/2019 14:58 Atualizado em:

 Foto: AFP/Photo
Foto: AFP/Photo
A atriz Renée Zellweger, 50, explicou porque ficou sumida por alguns anos do cinema e da televisão. Em entrevista a New York Magazine, a americana afirmou que sofreu de depressão pela agenda intensa que havia se imposto. 
 
Ela parou de atuar por volta de 2010. "Eu não estava saudável. Eu não estava me cuidando. Eu fui a última coisa na minha lista de prioridades."
 
Quando a atriz decidiu fazer terapia, acabou se dando conta de que não estava tomando conta de suas emoções.  "Ele [o terapeuta] reconheceu que passei 99% da minha vida como pessoa pública e apenas uma migalha microscópica na minha vida real. Eu precisava não saber o que vou fazer pelos próximos dois anos. Tinha de haver um pouco de silêncio para as ideias surgirem", afirmou a atriz. 
 
Foi nesse momento de lucidez que ela teve uma ajuda da amiga Salma Hayek, que a encontrou em um aeroporto que compartilhou uma metáfora com ela.
 
"A rosa não floresce o ano todo... a menos que seja de plástico. Isso significa que você precisa fingir que está bem para fazer a próxima coisa. E você provavelmente precisa parar agora, mas essa oportunidade criativa é muito emocionante e é única na vida e você se arrependerá de não ter feito isso", defendeu Hayek.
 
Zellweger, então, decidiu se afastar da atuação, de tapetes vermelhos e de entrevistas. Esse hiato durou até pouco antes de 2016, quando ela já lançou o longa "O Bebê de Bridget Jones". "Tive um período de cinco anos em que fiquei feliz e iniciando um novo capítulo sem ningúem precisar saber disso".
 
Durante esse período, a atriz concedeu a entrevista People, em 2014, apenas para se retratar sobre a mudança que ocorreu com a sua aparência. 
 
Na época, a atriz chamou a atenção ao aparecer muito diferente em um evento em Los Angeles daquele ano. "Fico contente por as pessoas acharem que estou diferente! Eu estou em uma fase diferente, feliz, mais cheia de vida e estou muito contente de que isso talvez transpareça", afirmou Zellweger.
 
"Meus amigos dizem que pareço mais em paz. Estou mais saudável. Por muito tempo eu não estava fazendo um bom trabalho nesta área. Eu mantive uma agenda que não é realista e nem sustentável e não permitia cuidar de mim mesma. Ao invés de parar, eu continuei correndo até ficar esgotada e fiz más escolhas sobre como esconder o meu cansaço. Eu estava ciente do caos e finalmente escolhi coisas diferentes", acrescentou.
 
Com a mudança em sua vida, e o bom relacionamento com seu namorado Doyle Bramhall, a atriz diz que agora está fazendo um trabalho mais gratificante. "Eu fiz um trabalho que permite ser eu mesma, cuidar da casa e amar alguém, aprender coisas novas, crescer criativamente e, finalmente, me conhecer mais."
 
O último filme da atriz foi "A Minha Canção de Amor", lançado em 2010, e Zellweger diz que as pessoas ainda não estão acostumadas com ela nos seus 40 anos.
 
Vencedora do Oscar por "Cold Mountain" (2003), Renée acha "boba" a discussão sobre sua aparência, mas decidiu se pronunciar porque a imprensa decidiu ficar "cutucando esse assunto".
"Estão procurando alguma verdade nefasta que não existe e pelo jeito não irão sair da minha varanda até que eu atenda a porta."


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.