audiovisual Livro 'The Testaments', continuação literária de 'The Handmaids Tale', terá adaptação

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 04/09/2019 16:42 Atualizado em:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
O canal MGM e a Hulu anunciaram nesta quarta-feira (4) que estão desenvolvendo uma produção sobre o livro  "The Testaments", sequência do clássico "The Handmaid's Tale", da escritora Margaret Atwood, 79, segundo o site Holywood Reporter. 
 
"The Testaments" retrata mais de 15 anos após os acontecimentos do primeiro livro. A série  "The Handmaid's Tale", que fez sucesso em todo o mundo e está disponível no Brasil pela Globoplay, foi desenvolvida por esses mesmos produtores. No entanto, eles não deixaram claro se livro mais recente de Atwood será transformado em série ou em filme. 
 
A primeira temporada de "The Handmaid's Tale" foi baseada no livro homônimo da autora, mas a segunda, a terceira e a quarta -já confirmada- foram filmadas a partir de uma história inédita. 
 
A autora revelou detalhes do livro em entrevista à revista americana Time. "Em vez de trazer a perspectiva de Offred [Elisabeth Moss], 'The Testaments' é narrado por três outras mulheres ligadas a Gileade: uma jovem criada na sociedade opressora; uma adolescente canadense que descobre que ela realmente nasceu lá; e a tia Lydia, a vilã do romance e da série", afirmou a autora.
 
Lydia já existe na série e é interpretada pela atriz Ann Dowd. "Eles não puderam manter Offred em Gilead por muitas razões, ou certamente porque a roda precisava continuar girando", afirmou Atwood, que começou a escrever essa sequência em 2016. A série estreou na TV em 2017.
 
Na época em que Atwood começou a escrever "The Testaments",  o produtor da série Bruce Miller já havia dito que os novos livros da autora poderiam impactar a série. "Acredito que Margareth nos vê como bons representantes de suas personagens e procuramos trabalhá-las de forma que faça sentido à autora. Não sei se ela seguirá os nossos caminhos em seu próximo livro", afirmou o produtor.
 
De qualquer forma, Miller acredita que ambos os trabalhos podem ser complementares ao público que é fã da história. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.