Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver

erro

Ingrid Guimarães já sugeriu vibrador em grupo de mães por engano

Publicado em: 05/09/2019 11:30

Reprodução/Instagram
A atriz Ingrid Guimarães, 47, arrancou risadas ao participar do programa Que História É Essa, Fabio Porchat! (GNT). Desligada assumida, ela contou que já comprou ingresso de peça de teatro de país errado e mandou sugestão de vibrador, por engano, no grupo de mães da escola de seus filhos. 

"Sempre fui muito desligada, e aí entrou o advento da internet e aí começou a rolar muita merda", brincou a atriz. Ela já comprou muita coisa que nunca chegou, inclusive um óculos de uma loja alemã, mas a pior situação foi quando ela decidiu assistir a uma peça de teatro do argentino Ricardo Darín, 62, em Buenos Aires.

"Passei a semana tirando onda que eu ia vê-lo, ia tirar foto com ele. Tinha todo um discurso pronto para falar que sou atriz de cinema, como ele", lembra Guimarães. Quando ela pegou o taxi para ir à peça, o motorista disse que o teatro não existia. "Eu tinha comprado um ingresso no Peru", conta ela. 

E a atriz que protagoniza a trilogia "De Pernas pro Ar" (2010-2019) já tinha dito, em entrevistas o quanto ela é vista como "consultora sexual" por amigas e até por seguidores na internet.

Mas, com seu último longa, esse título ganhou um novo status. "O terceiro filme foi patrocinado por um sex shop de Belo Horizonte que apresentou um produto espetacular. Não precisa nem de marido, é só você e ele", brincou a atriz.

O vibrador que virou febre, segundo ela, já lhe causou alguns constrangimentos. "Printei a foto para mandar para uma amiga, e acabei enviando para o grupo de mães da escola". Nessa hora, a Regina Casé não se aguentou e disse. "Ela precisa ser interditada". 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
In Set - entrevista com Carla Bensoussan da Lead
Educação e segurança digital para jovens
João Alberto entrevista Og Fernandes, ministro do STJ
Um mar de lixo no canal do Arruda
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco