Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver

show internacional

Com Bon Jovi, Pernambuco volta a ser rota de grandes shows

Publicado em: 21/09/2019 08:00 | Atualizado em: 20/09/2019 23:15

 A capital sedia o primeiro show da agenda no país da turnê This house is not for sale, neste domingo, às 20h30 - Foto: Divulgação
O estádio do Arruda, na Zona Norte do Recife, será o desembarque da banda Bon Jovi no Brasil. A capital sedia o primeiro show da agenda no país da turnê This house is not for sale, neste domingo, às 20h30. Depois, eles seguem para São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro (Rock in Rio). Os portões do evento abrem às 15h, com a apresentação de abertura da banda Goo Goo Dolls - do hit Iris, do filme Cidade dos anjos (1998), lembra? - marcada para as 19h15. Para receber um dos grupos de rock de mais sucesso da década de 1980, uma megaestrutura foi montada no Estádio José do Rego Maciel desde o último domingo. 

As dimensões dão ideia da grandiosidade do Bon Jovi: um palco de 54 metros de comprimento e 28 metros de altura, com 25 toneladas de equipamento e 20 quilômetros de cabos, de acordo com a organização do evento, feito em parceria da estadunidense Live Nation com a pernambucana Luan Promoções. Esse material foi transportado por 35 carretas, contando com uma equipe de 350 pessoas para a 
montagem. 

Os valores dos ingressos variam entre R$ 130 (meia da arquibancada superior, única sessão que esgotou) e R$ 640 (pista premium). Durante a semana, uma notícia de que os ingressos estavam “encalhados” se espalhou, principalmente após uma publicação do Blog Leo Dias, do Uol. Em nota, a Luan Promoções afirmou que o evento vendeu cerca de 35 mil ingressos, da capacidade total de 40 mil.

A turnê de divulgação do disco This house is not for sale começou em 8 de fevereiro de 2017, na Carolina do Sul, com a atual formação do grupo: Jon Bon Jovi (vocal e guitarra), Phil X (guitarra solo e vocais de apoio), Hugh McDonald (baixo e vocais de apoio), John Shanks (guitarra), David Bryan (piano, teclados e vocais de apoio), Tico Torres (bateria e percussão) e Everett Bradley (percussão). Desde então, a banda já realizou quase 70 shows pelo mundo. Passou pelo Brasil, inclusive, entre 19 e 23 de setembro de 2017, com shows em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Transfer
Um sistema de ônibus expressos foi disponibilizado, com pontos de embarque nos shoppings da cidade. O serviço custará R$ 12 por pessoa, das 14h às 0h, e funcionará nos shoppings Recife, Plaza, RioMar e Tacaruna. O transfer pode ser adquirido nos malls na hora do embarque. 

Grandes shows 
Ao presenciar um show no Arruda, é difícil nãolembrar da vinda de Paul McCartney no estádio em 2012. Na época, o músico rodava o mundo com a On the run tour e fãs de todo o Nordeste viajaram para a capital pernambucana para ver o antigo vocalista, baixista e compositor dos Beatles. Os ingressos para o espetáculo venderam tanto que uma segunda noite foi marcada. O entusiasmo não correspondeu tanto as expectativas: muitos bilhetes foram entregues gratuitamente antes da segunda apresentação.

Em Pernambuco, a partir do final da década de 1970, a maioria dos eventos desse porte foram realizados no Geraldão. Apresentaram-se no ginásio o espanhol Julio Iglesias (1984), a alemã Nina Hagen (1985), os californianos da Faith No More (1991) e os noruegueses do A-ha (1991) - esse último mexeu com toda a cidade, os ingressos se esgotaram e cambistas chegaram a vender tíquetes falsificados e acabaram detidos. Uma exceção de grande show fora do Geraldão foi o de Menudo, boy band de Porto Rico que, entre os integrantes, tinha Ricky Martin. O grupo realizou o primeiro show no Arruda durante uma turnê brasileira, que também passou por Fortaleza.

O Centro de Convenções, inaugurado em 1979, e o Classic Hall, fundado em 2001, hoje referências em grandes shows, só entraram de fato na rota durante os anos 2000. O Classic sediou bandas como The Calling (2003), Deep Purple (2003), Offspring (2004) e o fenômeno latino teen RBD (2006). No Cecon, a banda indie Placebo (2005) e o DJ Diplo (2006). O Jockey Club sediou dois shows bastante concorridos - Iron Maiden em 2009 e The Black Eyed Peas em 2010, ambas reunindo mais de 20 mil pessoas.Não dá para esquecer também de icônicas apresentações como a de Amy Winehouse, em 2011, que morreu cinco meses depois do show no Cecon. Ringo Starr (2011), Elton John (2013), Guns N' Roses (2014)... uma vasta lista até 2015, com a recessão econômica que fez o número de atrações internacionais diminuir bastante no estado.  

Linha do tempo

Grandes (alguns nem tanto) shows internacionais em Pernambuco:

1952
Josephine Baker (17 de agosto, Teatro de Santa Isabel)

1961
Gene Barry (Clube Português)

1979
Jimmy Cliff (Geraldão

1981
Rick Wakeman (Geraldão)

1984
Show do espanhol Julio Iglesias no Geraldão - Foto: Arquivo/DP
 
Julio Iglesias (Geraldão)

1985
Nina Hagen (Geraldão)
Menudo (1º de março, Arruda)

1989
Ray Connif (29 de setembro, Clube Português)

1991
A-ha (2 de junho, Geraldão)
Faith no More (12 de setembro, Geraldão)

1992
Kreator (18 de abril, Clube Náutico)

1993
Information Society (Geraldão

1996
Men at Work (3 de maio, Clube Moritzstadt - Rua do Apolo)

1999
Pato Banton (Festival de Inverno de Garanhuns)

2000
Manu Chao (3 de novembro, Praça do Arsenal)

2001
Jon Spencer Blues Explosion (22 de abril, Cecon)

2002
Stephen Malkmus (21 de abril, Cecon)
Kreator (6 de outubro, Clube Internacional)

2003
Silverchair (9 de maio, C. Hall)
The Calling (15 de agosto, C. Hall)
Deep Purple (13 de setembro, C. Hall)

2004
Offspring (24 de outubro, C. Hall)
Vive la Fête (16 de abril, Cecon)

2005
Placebo (15 de abril, Cecon)

2006
Diplo (21 de abril, Cecon)
RBD (27 de setembro, C. Hall)
Gloria Gaynor (11 de novembro, C. Hall)

2007
Marky Ramone (14 de abril, Cecon)
Scorpions (11 de agosto, C. Hall)
Fatboy Slim (1º de fevereiro, Marco Zero)

2008
Air Supply (12 de janeiro, Fashion Club)
Scorpions (7 de setembro, C. Hall)
Helloween (27 de abril, Cecon)
Nightwish (16 de novembro, Clube Português)

2009
Alanis Morissette (30 de janeiro, C. Hall)
Simple Plan (21 de março, C. Hall)
Iron Maiden (31 de março, Jockey Club)
Motörhead (17 de abril, C. Hall)
CJ Ramone (11 de julho, Clube Português)
Beirut (18 de setembro, Teatro Guararapes)

2010 
A-ha (18 de março, C. Hall)
P.O.D (27 de março, Clube Português)
Simply Red (16 de abril, C. Hall)
Afrika Bambaataa (17 de abril, Cecon)
Megadeth (20 de abril, Clube Português)
Nouvelle Vague (1º de maio, Eufrásio Barbosa)
The Black Eyed Peas (17 de outubro, Jockey Club)
The Cranberries (22 de outubro, C. Hall)

2011
Amy Winehouse se apresentou no Recife, cinco meses antes da sua morte - Foto: Nando Chiappetta/ DP/D.A Press

Amy Winehouse (13 de janeiro, Cecon)
Janelle Monáe (13 de janeiro, Cecon)
Jason Mraz (6 de fevereiro, Cabanga)
Backstreet Boys     (18 de fevereiro, C. Hall)
Cyndi Lauper (19 de fevereiro, C. Hall)
Iron Maiden (3 de abril, Cecon)
The Misfits (15 de abril, Cecon)
Sublime (21 de maio, Clube Português)
Jack Johnson (28 de maio, Cecon)
Tiësto (21 de outubro, Cabanga)
Billy Paul (18 e 19 de novembro, Manhattan)
Ringo Starr (20 de novembro, C. Hall)

2012
Paul McCartney se apresentou no estádio do Arruda - Foto: www.blogs.diariodepernambuco.com.br/Reprodução

David Guetta (12 de janeiro, Cecon)
Manu Chao (3 de fevereiro, Apipucos)
Exodus (21 de abril, C. Hall)
Air Supply (16 de março, C. Hall)
Roxette     (18 de maio, C. Hall)
Jennifer Lopez (1º de julho, Cecon)
Information Society (20 de julho, Paço Alfândega)
Alanis Morissette (12 de setembro, C. Hall)
Evanescence (11 de outubro, C. Hall)
Paul McCartney (21 e 22 de abril, Arruda)
Fatboy Slim (28 de dezembro, Cecon)

2013
Elton John (10 de março, C. Hall)
Franz Ferdinand (28 de março, Baile Perfumado)
Dead Kennedys (20 de abril, Cecon)
Cat Power (19 de maio, Espaço Catamaran)

2014
Guns N' Roses fez show no Cecon - Foto: Nando Chiapetta/DP

Guns N' Roses (15 de abril, C. Hall)
Dream Theater (10 de outubro, C. Hall)

2015
Joss Stone (15 de março, C. Hall)
Seal (27 de março, C. Hall)
Wynton Marsalis (1º de abril, Dona Lindu)
Armin Van Buuren (30 de abril, Cecon)
Backstreet Boys     (6 de junho, C. Hall)
Billy Paul (21 de agosto, Manhattan)
A-ha (8 de outubro, C. Hall)

2016
Aerosmith (21 de outubro, C. Hall)

2017
Suicidal Tendencies (28 de abril, C. Hall)

2018
Richie Ramone (27 de abril, Baile Perfumado)
Slash (1º de junho, C. Hall)
Laura Pausini (25 de agosto, C. Hall)
Azealia Banks (15 de novembro, Baile Perfumado)

2019
Jon Secada (30 de março, Teatro RioMar)

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Maria, mãe de um povo ferido
Confira a estreia do programa In set
Educação humanizadora e não violência nas escolas
João e os 50 anos de colunismo social
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco