Caruaru Cachorro-quente no copo: sensação da internet chega a Caruaru, no Agreste

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/09/2019 10:41 Atualizado em: 02/09/2019 11:35

Divulgação/Internet
Divulgação/Internet
Nos últimos dias, a imagem de um cachorro-quente diferente vem circulando nas redes sociais. A comida, que normalmente é servida no pão, dessa vez, aparece dentro de um copo.  O recipiente é recheado com salsicha, molho, batata palha e outros ingredientes. Na legenda: "Melhor hot dog no copo". Entre os internautas, reações curiosas. Enquanto uns disseram que a novidade não pode ser chamada de cachorro quente, outros defenderam a praticidade de comer. 

Em entrevista ao Jornal EXTRA, Flávia Costa, de 41 anos, que mora em São Paulo, comentou que começou a fazer lanches para que os filhos vendessem na universidade. No valor de R$ 5 cada, o objetivo era fazer uma renda extra. Flávia iniciou com bolo de pote, mas teve a ideia de inovar com praticidade. Como o cachorro quente é um lanche muito procurado, ela teve a ideia de fazê-lo, mas com uma diferença: dentro de um pote. 

"Para minha surpresa, muitas pessoas adoraram a ideia. A recepção por parte dos clientes foi muito boa, cheguei a receber encomendas para festas de aniversário e muitos dos meus clientes compram para levar para suas casas ou até para o trabalho", comentou Flávia.

E o lanche tem conquistado o gosto dos consumidores. A operadora de produção Leticia Barker, de 24 anos, que é de Porto Alegre (RS), apesar de preferir o tradicional, provou a novidade recentemente e aprovou.

"Achei bem saboroso e criativo. Devido à correria do dia a dia vale a pena", disse Letícia.

Em Pernambuco, a inovação existe desde julho desse ano. Vaneide Macena, de 33 anos, abriu a lanchonete Hashtag Açaí, em Caruaru. De início, como o próprio nome sugere, a venda era apenas de açaí. Após incluir a venda de salgados, surgiu a ideia do cachorro-quente de copo.

"Como toda novidade, eu não queria que fosse igual ao que já é vendido tradicionalmente em outros estabelecimentos. Pensei em fazê-lo bem recheado, mas queria que o cliente pudesse comer onde quer que ele estivesse. E aí eu fiz um teste na minha casa montando ele em um copo", comentou Vaneide. 

O lanche, que tem preços entre R$ 8 e R$ 12, dependendo do tamanho, é diverso nos ingredientes. É possível, por exemplo, adicionar o biscoito doritos e carne moída. E a experiência, segundo Vaneide, tem dado certo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.