Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver
LUTO Roteirista Fernanda Young morre aos 49 anos em Minas Gerais

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 25/08/2019 10:58 Atualizado em: 25/08/2019 14:59

Foto: Divulgação/Bob Wolfenson
Foto: Divulgação/Bob Wolfenson
A escritora, atriz, apresentadora e roteirista Fernanda Young morreu aos 49 anos, neste domingo, no sítio da família em Gonçalves, Minas Gerais. Segundo informações do portal G1, ela teve uma crise de asma seguida de parada cardíaca. Fernanda deixa marido e quatro filhos. O sepultamento está marcado para a tarde deste domingo, no cemitério de Congonhas, em São Paulo. 

Nascida em Niterói, no Rio de Janeiro, em 1º de maio de 1970, Fernanda sempre foi apaixonada por literatura. Chegou a cursar Letras na Universidade Federal Fluminense, Jornalismo na Faculdade Hélio Alonso e Rádio e Televisão na FAAP, já morando em São Paulo, mas não terminou nenhum dos cursos.

Estreou como roteirista na Globo em 1995, com a série ‘A Comédia da Vida Privada’, baseada em textos de Luís Fernando Veríssimo, que assinou com o marido Alexandre Machado, seu parceiro em todos os trabalhos na TV. No ano seguinte, ela publicaria seu primeiro romance, “Vergonha dos Pés”, o início de uma carreira de sucesso na literatura que teria ainda mais 13 títulos.

Em 2001, veio um dos maiores sucessos da comédia da televisão brasileira: ‘Os Normais’, série estrelada por Fernanda Torres e Luis Fernando Guimarães, que ficou no ar até 2003 e ganhou dois longa-metragens de grande bilheteria no país. Trabalhando sempre em parceria com Alexandre Machado, Fernanda Young assinou as séries ‘Os Aspones’, ‘O Sistema’, ‘Separação?!’, ‘Macho Man’, ‘Como Aproveitar o Fim do Mundo’, ‘O Dentista Mascarado’, ‘Vade Retro’, o especial de fim de ano ‘Nada Fofa’ e os quadros do ‘Fantástico’: ‘As 50 Leis do Amor’ e ‘Super Sincero’.

Young foi indicada duas vezes ao prêmio de Melhor Comédia do Emmy Internacional, por ‘Separação?!’ e ‘Como Aproveitar o Fim do Mundo’. Seu último trabalho como roteirista na Globo foi ‘Shippados’, série original Globoplay estrelada por Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch, lançada em maio deste ano.
 
No canal GNT, participou de programas como “Saia Justa”, “Irritando Fernanda Young”, “Odeio Segundas” e “Surtadas na Yoga” e, no Viva, do “TV Mulher”. No cinema, além dos filmes “Os Normais” e “Os Normais 2”, participou do roteiro de “Bossa Nova” e “Muito Gelo e Dois Dedos D’Água”. Fernanda Young entraria em cartaz no dia 12 de setembro em São Paulo com a peça “Ainda Nada de Novo”, em que contracenaria com Fernanda Nobre.



Crochê, tricô, bordados e aplicações
Trio de Ferro e Decisão Bonito campeão do Pernambucano A2
De 1 a 5: o que há de novo na gastronomia recifense?
Democracia do cinema: quem pode assistir e quem tem o direito de fazer
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco