Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

música

Sobrinho de Michael Jackson estreia carreira musical com clipe gravado no Vidigal

Por: AE

Publicado em: 29/06/2019 11:20 | Atualizado em: 29/06/2019 11:22

Filho de Jarmaine Jackson, um dos integrantes do Jackson Five, Jaafar descobriu seu talento para a música por acaso. Foto: Reprodução/Instagram

Jaafar Jackson, 22 anos, sobrinho do rei do pop, Michael Jackson, fez sua estreia mundial na música na sexta-feira (28), com o lançamento do single e clipe de Got Me Singing. E, para essa ocasião especial, o artista iniciante escolheu o morro do Vidigal, no Rio de Janeiro, como cenário. 

A ideia surgiu como uma forma de homenagear a cidade e também a coreografia do Passinho - ritmo que começou nos bailes funks da cidade e conquistou o título de Patrimônio Cultural Imaterial do povo carioca - e que chamou a atenção de Jaafar.

"Eu quero levar a dança do Passinho para as minhas coreografias de palco, fiquei apaixonado pelo ritmo", revelou o artista, que conheceu a dança por meio do coreógrafo Normann Shay. 

O clipe mostra a história de amor entre dois jovens que se apaixonam e que decidem se encontrar. "Em Got Me Singing me inspirei nas batidas de funk do Rio de Janeiro, então filmar no Brasil era essencial, tinha que respeitar a origem desse som e fazer essa homenagem a essa cidade incrível, foi realmente especial estar no Brasil e quero voltar em breve", finalizou Jaafar.

A direção do clipe ficou por conta de Marcos Mello Cavallaria. "Receber o convite de Jaafar para dirigir seu primeiro projeto já foi uma honra e gravar no Brasil, meu país, homenageando o ritmo do Passinho fez o projeto ser mais incrível ainda. Jaafar é um cantor muito sensível e com uma voz singular, captar a sua sensibilidade em conexão com o Rio de Janeiro foi marcante ver a química nascer", revelou.

Filho de Jarmaine Jackson, um dos integrantes do Jackson Five, Jaafar descobriu seu talento para a música por acaso, ao cantar em casa aos 12 anos. Desde então, tem se aperfeiçoado estudando música e piano. Para este ano, o cantor ainda pretende lançar o seu álbum com 12 canções inéditas e de sua autoria.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manifestações por morte de garoto, Weintraub presta depoimento na PF e inquérito de facada arquivado
Covid-19: Brasil tem novo recorde diário de mortes
04/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Destaques do dia: Indiciamento por morte de criança, coronavírus reativado e tataravó recuperada
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco