Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

MPB

Com uma pegada mais pop, Djavan canta amor, natureza e política no Recife

Publicado em: 24/05/2019 10:30 | Atualizado em: 24/05/2019 10:56

Ícone da MPB canta músicas do novo disco e hits antigos. Foto: Divulgação

Com uma pegada mais pop e dançante, Vesúvio, 24º álbum de Djavan, será apresentado ao público pernambucano neste sábado (25), a partir das 21h, no Classic Hall, em Olinda. Aos 70 anos, o cantor e compositor alagoano ainda aposta no ineditismo das canções e resgata a diversidade, base na construção de trabalhos anteriores. Tudo isso sem se afastar da sofisticação de sua linha melódica, repleta de groove, samba, soul, jazz e bossa. No repertório do show, o músico promete, além das novas canções, sucessos como Lilás, Flor de lis e Oceano. E outras nunca cantadas, como Nuvem negra, gravada em 1993 por Gal Costa. Os ingressos vão de R$ 50 a R$ 250.

Nas 12 faixas de Vesúvio, lançado em novembro em CD, LP e nas plataformas digitais, Djavan canta o amor e reafirma sua paixão pelas flores e pela natureza. O discurso político também está presente entre as novas composições. "Guerra vende armas/Mantém cargos, destrói sonhos/Tudo de uma vez/Sensatez não tem vez", são alguns dos versos de Solitude. Outra novidade do disco é a parceria com o músico uruguaio Jorge Drexler, que resultou na faixa-bônus Esplendor.

Em mais uma referência à natureza, a identidade visual do disco mescla a beleza com o poder de destruição ao apresentar um vulcão em erupção frente à face do cantor. A estética apresenta uma semelhança com o trabalho desenvolvido pelo americano Miles Davis, em Tutu, lançado em 1986.

SERVIÇO
Show de Djavan - Vesúvio
Quando: sábado, dia 25 de maio, às 21h
Onde: Classic Hall, em Olinda
Ingressos: R$ 50 (arena meia), R$ 100 (arena inteira), 90 (frontstage meia) e R$ 180 (frontstage inteira), R$ 800 (mesa VIP, 4 lugares), R$ 1000 (mesa premium, 4 lugares), R$ 1000 (camarote para 10 pessoas, 3º piso), R$ 1200 (camarote para 10 pessoas, 2º piso) e R$ 1600 (camarote para 10 pessoas, no 1º piso), à venda na bilheteria do Classic Hall e no site Bilhete Certo.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid-19 põe indígenas amazônicos em grande risco
Covid-19: Taxa de isolamento social no Recife cai para 45%
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Manifestações por morte de garoto, Weintraub presta depoimento na PF e inquérito de facada arquivado
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco