Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver

TV

Luana Piovani afirma que já sofreu assédio de diretor da Globo

Quando tinha 18 anos, um produtor de teatro, após um jantar, teria tentado beijá-la após uma carona

Por: AE

Publicado em: 17/01/2019 09:06 | Atualizado em: 17/01/2019 10:33

Atriz não revelou o nome do diretor, que não está mais na emissora: "F***. A novela foi um fracasso. O cara já morreu e eu tô aqui", disse. Foto: Reprodução/Youtube

A atriz Luana Piovani contou em um vídeo publicado em seu canal de YouTube nesta quarta-feira (16), que foi assediada por diretor da Globo na época em que trabalhava na emissora. Ela relembrou as duas situações em que se sentiu assediada. A primeira quando tinha 18 anos, em São Paulo, e um produtor de teatro, após um jantar, teria tentado beijá-la após uma carona. 

"A segunda vez foi na Globo. Tava na sala de um diretor. Tinha outras pessoas comigo, outras atrizes. Ele olhou pra mim e falou 'Luana', bateu assim na perna [Luana gesticula batendo em sua perna, como se chamasse alguém para sentar em seu colo]", contou. "Levei na brincadeira, porque também, ele tentou e eu fiz uma brincadeira com ele, pra ele se colocar mais no lugar dele e só. Mas não me senti mal, desrespeitada, pensei 'ah, meu Deus, será que pode acontecer alguma coisa comigo?'."

Luana não revelou o nome do diretor, que não está mais na emissora: "F***. A novela foi um fracasso. O cara já morreu e eu tô aqui."

Assédio
Luana também deu sua opinião sobre como enxerga o machismo e situações relacionadas à questão: "Acho um certo exagero o que tá rolando em relação a assédio. Inclusive, eu, se fosse homem, ia tá com medo de conversar com mulher."

"Não sou alguém que me incomodo muito com assédio, desde que não me toque. Inclusive, se a pessoa demorasse muito a entender, eu ia mesmo e assediava, nunca vi isso como problema."

"Acho que cada um é seu próprio julgador. Eu, por exemplo, não me sinto mal se alguém me assedia na rua. Tem muita gente que não gosta, se sente mal. É muito importante que as meninas falem façam esse movimento, que isso tudo continue, porque elas vivem nesse ambiente machista e homem é folgado pra c***", ressalta.

"É óbvio que roupa não é convite pra p*** nenhuma, que o meu corpo é meu, as regras quem dita sou eu, apesar de ainda terem leis que achem que não, e não tem nada melhor do que a gente ter liberdade."

Despedida do Brasil
Na tarde desta quarta-feira, 16, Luana Piovani também publicou suas últimas postagens no Instagram antes de se mudar em definitivo para Portugal. "Foi lindo, obrigado por tudo, Brasilzão!', disse.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Maria, mãe de um povo ferido
Confira a estreia do programa In set
Educação humanizadora e não violência nas escolas
João e os 50 anos de colunismo social
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco