Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

Polêmica

Capa de ganhador do Jabuti é removida de exposição e autor aponta censura

A imagem do HQ Castanha do Pará mostra um menino de rua escapando de um policial

Publicado em: 17/04/2018 11:19 | Atualizado em: 17/04/2018 12:00

Capa de Castanha do Pará. Foto: Gildalti Moura Jr./Divulgação

O desenho que ilustra a capa do HQ Castanha do Pará, de Gildalti Moura Jr., foi removido de uma exposição no Parque Shopping de Belém (PA) nesta terça-feira (17). A imagem da obra, ganhadora do Jabuti de Melhor História em Quadrinho em 2017, mostra um menino de rua (o protagonista) escapando de um policial em uma feira de rua.

A presença do desenho na exposição virou alvo de críticas na internet. Um PM chegou a publicar no Facebook que se sentiu "ofendido" com a ilustração. "Com tantas coisas acontecendo no Estado no setor da segurança pública, ainda temos isso para enfrentar. Resgatar valores não querem, né", escreveu o oficial. A polêmica foi suficiente para que o shopping retirasse o desenho da mostra.

Gidalti, autor do HQ, também usou do Facebook para criticar a retirada da imagem, alegando "censura". "Sobre a censura à capa de meu livro em exposição em Belém, gostaria de declarar total repúdio aos conceitos arbitrários que classificaram a imagem como uma ofensa à polícia militar. A retirada da obra do evento é um gesto que vai contra valores fundamentais que defendo, dentre estes, a liberdade de expressão", disse.

"A obra é ficcional, tem caráter lúdico e expõem situações rotineiras nas metrópoles brasileiras. Quem a compreendeu como apologia ao crime e/ou a desmoralização da polícia militar, o faz de forma leviana e sem ao menos ler o livro 'Castanha do Pará'. A retirada da imagem da exposição é uma vitória parcial da ignorância, do medo e de forças antagônicas à liberdade", concluiu o artista.

A coordenação da exposição de quadrinhos esclareceu que a decisão de retirar o desenho de Gidalti Moura Jr foi tomada em acordo com a curadoria do evento e que outra obra do mesmo autor será colocada na mostra. "A mudança ocorreu diante de manifestações de frequentadores do shopping que se sentiram incomodados com a cena de violência, no espaço que é frequentado por crianças", justificou em nota a coordenação. Em nota, o Parque Shopping disse que reafirma sua missão de incentivar as artes e dar luz ao trabalho de curadores e artistas paraenses.

Veja as publicações:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Destaques da semana: caso Miguel, Decotelli fora do MEC e retorno do Campeonato Pernambucano vetado
Inscrições para o Vestibular 2020.2 da Unicap vão até 15 de julho
Um mês sem Miguel : tudo que fazia era por ele, diz Mirtes
03/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco